19/03/2018 — Texto: Vibra | Fotos: Edison Garcia

Artefacto inaugura no Rio de Janeiro mostra inspirada no cinema.

A 20ª edição da Mostra Artefacto, reconhecida como referência em decoração e design, abriu as portas para o público no dia 18 de março, na loja do Casa Shopping. Decor+Cinema apresenta 18 ambientes assinados por 26 renomados profissionais, entre eles arquitetos e designers de interiores.

Os participantes puderem homenagear títulos, temas, personagens, diretores, histórias ou cenas antológicas, com ambientes criativos que relembrem momentos dos longas-metragens e sua influência.

Todos os espaços idealizados por arquitetos, designers de interiores e paisagistas, prometem, com a mesma elegância e sofisticação de sempre, apresentar diferentes momentos do cinema e sua história.

A mostra Artefacto traz grandes clássicos do cinema mundial e nacional, entre eles Uma Linda Mulher, 007 – Os Diamantes São Eternos, Jackie, Sob o Sol da Toscana, Entre Dois Amores, Rio, Flores Raras, Os Intocáveis, Homem de Ferro, Meia-Noite em Paris, Simplesmente Acontece, 50 Tons de Cinza, Dois Filhos de Francisco, Os Homens Que Não Amavam as Mulheres, A Praia, A Single Man, A Origem e Banana Is My Business.

Flores Raras — Alexandre Cardim

A Casa Samambaia, refúgio na serra fluminense da arquiteta-paisagista Lota de Macedo Soares, foi a inspiração para o arquiteto Alexandre Cardim a partir do filme Flores Raras. Em um espaço com 150 m² com sala de jantar, de estar, quarto de casal e banheiros que remetem aos anos 50, as cores branco, azul, cinza e madeira dão o tom sofisticado e direcionam a atenção para os móveis e obras de arte de Tarsila do Amaral, Maria Leontina, Alfredo Volpi e Burle Marx. Claro que o paisagismo e a referência ao trabalho de Lota não poderiam ficar de fora. No projeto há paredes em cobogó geométrico e pedras, janela do teto ao chão, papel de parede com estampa de folhas e sofás redondos, que remetem ao Aterro do Flamengo.

007 – Os Diamantes São Eternos — Alexandre Lobo e Fábio Cardoso

A estética sedutora dos anos 70 foi o ponto de partida para aos arquitetos Alexandre Lobo e Fábio Cardoso projetarem um espaço de 71 m² com uma atmosfera arrojada e sofisticada. A inspiração veio da casa modernista, com formas circulares em concreto, do vilão do filme ‘007 – Os Diamantes São Eternos’, interpretado pelo ator britânico Charles Gray. Em tons neutros, com a predominância do cinza, o ambiente masculino tem piso de porcelanato que imita mármore Armani cinza, paredes revestidas em painéis de madeira Pau-Ferro, pilares circulares e iluminação cênica branda. O destaque do projeto fica por conta da parede curva em concreto armado, muito similar a do filme, que acolhe um sofá também curvo de veludo e tapete redondo. O glamour dos títulos de James Bond está presente no mobiliário escolhido, em tons verde garrafa, cinza e telha e acabamentos gold, e no bar desenhado pela dupla em madeira Pau-Ferro com tampo de mármore nero marquina.

Meia-Noite em Paris — AB Arquitetura e Interiores

Projeto com estilo clássico e contemporâneo é a marca da dupla Aline Celles e Bethânia D’Elia. E nada mais clássico do que a cidade luz. Por isso, a inspiração para o quarto de 50 m² foi o filme ‘Meia-Noite em Paris’. Aline e Bethânia apostam no mix de materiais, texturas e acabamentos para criarem um ambiente delicado e sofisticado com predominância para as cores preto, branco, rosa, dourado e bordeaux. Nas paredes, molduras douradas e boiserie, que aparecem como um recurso decorativo fazendo referência ao estilo do filme, assim como o espaço office, pensado no personagem principal, que é um escritor. A iluminação em linha reta é quebrada pela elegância e volume do lustre de cristal, tão característico de Paris.

Rio — Ana Lucia Jucá

Aproveitando o lançamento das estampas da coleção Mata Atlântica, da Artefacto, Ana Lucia Jucá escolheu a animação ‘Rio’ para criar um ambiente totalmente integrado com quarto, estar e sala de jantar em 72 m². A estampa Trópicos é o ponto de partida e está presente em todos os ambientes junto com o linho branco. A ideia é abusar do conforto com charme e sofisticação, trazendo as cores verde, branco e tons de amarelo para criar um clima resort. Tapetes em sisal manual e lustres de cristal da Rosa Kochen fazem o contraponto do despojado com o clássico. Destaque também para o paisagismo natural de Guilherme Portugal, bem tropical.

Sob o Sol da Toscana — Babi Teixeira

‘Sob o Sol da Toscana’ é um filme despretensioso e tem a atmosfera perfeita para o projeto da arquiteta Babi Teixeira. Com 31 m² o ambiente é marcado pelo uso de materiais naturais criando um clima leve e aconchegante. Linho e palha, aliados às cores branco, bege e terra, fazem referência à estética do filme. Assim como a parede com textura acinzenta e o aparador de pedra, material que aparece muito na região da Toscana. Completam o espaço muito livros, uma vez que a protagonista do filme é uma escritora, e pendentes desenhados especialmente para o projeto por Luciana Martins.

A Praia — Beta Arquitetura

Criar um ambiente praiano sempre esteve nos planos da dupla Bernardo Gaudie-Ley e Tânia Braida. Por isso, não pensaram duas vezes e escolheram o filme ‘A Praia’ para a mostra. O projeto, um loft com 70 m², apresenta uma beach house com toques urbanos, com destaque para a estante Tournai e a mesa Petal, ambos da Artefacto. Madeiras nas paredes, tapetes em palha e sofás revestidos com linho branco trazem aconchego e remetem ao clima de praia. As referências ao filme estão nos tapetes, recriando a areia, na suíte com a cor verde atlantis, lembrando o mar do Caribe, e no painel que ilumina a suíte dando profundidade, que representa o sol. O grande destaque fica por conta da lareira com finos revestimentos em mármore italiano.

A Single Man — Carmen Mouro

A arquiteta Carmen Mouro ficou responsável por assinar o ambiente externo da loja da Artefacto de 110 m². No mesmo instante ela se deu conta de que os móveis da linha Beach & Country poderiam ter participado dos cenários do filme ‘A Single Man’ por serem atemporais e de conceito moderno. O projeto faz o uso de materiais neutros como cimento queimado, pedras e luminárias, além de uma iluminação exclusiva para valorizar os móveis e a arquitetura do espaço. Linhas retas e cores metalizadas fazem referência à fotografia do filme. Tapetes, bananeiras naturais com flores e paredes verdes com jardins verticais dão charme e versatilidade ao ambiente, que traz ainda esculturas assinadas por Cassio Lazaro.

Homem de Ferro — Claudia e João Victor Brassaroto

Mãe e filho assinam um projeto moderno e arrojado de um loft com 80 m² inspirado no filme ‘Homem de Ferro’. A dupla quis passar a ideia de que o espaço está no topo de uma montanha gélida e apesar do toque futurista é aconchegante, por isso fugiu dos móveis em linha reta e apostou nas curvas. Os tons de cinza, preto, branco e madeira caracterizam o cenário que é composto por sofá de veludo, poltronas em couro nobuck, uma mesa redonda de aço e vidro preto. A sala de jantar é uma atração à parte com uma mesa oval que lembra uma nave, uma luminária assinada por Luciana Martins que reflete espadas e cadeiras com acento em couro.

Jackie — Claudia Pimenta e Patricia Franco

Como seria o loft da ex-primeira dama americana Jackie Kennedy? A partir dessa pergunta Claudia Pimenta e Patricia Franco criaram um ambiente de 129 m² que reproduz a elegância da personagem. O espaço traz móveis clássicos como poltronas, chaises e sofás arredondados, estofados em linho e couro com pés palito em cromado dourado. Galhos secos de jabuticabeira, ornados com flores brancas, evocam a feminilidade, que também caracteriza a área de dormir. As cores sóbrias e elegantes nos papéis de parede trazem delicadas estampas e texturas que ressaltam a atmosfera de glamour. O grande painel iluminado, que cobre toda a parede atrás do sofá principal prende a atenção quem entra no espaço. O trabalho assinado pela artista Christina Sá, simula um bordado de bolinhas de gude em diversas cores e tamanhos, feito com tule e linha de algodão encerada, lembra aos clássicos cordões de pérolas usados por Jackie Kennedy.

50 Tons de Cinza — David Defízio

A casa do personagem principal do filme ‘50 Tons de Cinza’, Cristian Grey, foi a inspiração para o loft de 110 m² criado por David Defízio. O projeto é composto por um living com três ambientes que se integram a uma cozinha e copa. Tons neutros e sóbrios, em variações de cinza, estão presentes sempre associados a materiais nobres. O uso de mármore nero marquina, aço-inox, madeira e cimento queimado dão o tom da decoração do loft. A suíte, com closet e banheiro, tem visão parcial para os demais cômodos. O estilo de vida do homenageado é marcado pelos acabamentos e mobiliário sofisticados com sofás revestidos em linho e poltronas de couro.

A Origem — Duda Porto

A fotografia do filme ‘A Origem’ e a temática dos sonhos foram as inspirações para o arquiteto Duda Porto criar um espaço atemporal e multifuncional em tons de cinza. Com 99 m² o projeto é composto por uma sala de estar com um bar, sala de jantar e lavabo, com o colorido vindo de poucos objetos, como quadros e adornos de madeira, vidro e couro. A referência ao filme pode ser vista em móveis ortogonais, como a mesa de centro Fold e Star, e nas nuances de Art Déco, como o acabamento gold nas mesas Fit e Smukke e no pendente Less da Lumini.

Os Intocáveis — Elaine Ramos

Tentando imaginar o que seria a vida do personagem principal do filme ‘Os Intocáveis’, Philippe, após o encontro do amor e do seu enfermeiro Driss, a arquiteta Elaine Ramos criou um ambiente inspirado nas residências francesas, porém informal. A ideia é mostrar que ícones de diferentes épocas podem conviver no mesmo espaço com muita personalidade. O projeto de 114 m² traz paredes com boiseries laqueadas em cinza, um mix no mobiliário com peças clássicas e modernas e obras de artes. A copa aparece em tons de rosa e evidencia o trabalho na suavidade das cores em diferentes texturas.

Dois Filhos de Francisco — Emerson Araújo e Lenora Lohrisch

O espaço elaborado por Emerson Araújo e Lenora Lohrisch homenageia a personagem da atriz Dira Paes, a mãe da dupla sertaneja Zezé de Camargo e Luciano, em ‘Dois Filhos de Francisco’. O ambiente de 77 m² com sala, cozinha, sala de jantar e suíte com closet e banheiro é totalmente integrado e simula uma vista do mar. Conforto e sofisticação estão presentes no projeto com o uso das cores azul petróleo, preto e madeira feijó, nos móveis e acessórios em couro. Mas a regionalidade de Dira Paes e, principalmente, do filme são lembrados a todo o momento com o uso da palha, tecidos crus, fibras e arte popular em barro. Destaque para um da atriz feito pela artista plástica Ana Tavares.

Os Homens que Não Amavam as Mulheres — Fábio Bouillet e Rodrigo Jorge

Os arquitetos Fábio Bouillet e Rodrigo Jorge queriam criar um ambiente onde o branco e as janelas fossem predominantes. A inspiração para o living com sala de jantar de 33 m² veio de uma sala do filme ‘Os Homens que Não Amavam as Mulheres’. O branco total nas paredes e no chão é suavizado com um tapete cinza de trama e dá destaque para as duas chaises no ambiente. A escolha das cores e a disposição dos móveis são as características que marcam a relação com o filme.

Banana Is My Business — Luiz Fernando Grabowsky

A partir do tecido Mico Leão Folhagens da coleção Mata-Atlântica, da Artefacto, Luiz Fernando Grabowsky idealizou um espaço tropical inspirado no documentário ‘Banana Is My Business’, sobre Carmem Miranda. O projeto de 90 m² apresenta um apartamento com um grande living com área de estar e TV, sala de jantar e um quarto integrado. A funcionalidade dos ambientes foi explorada ao máximo sempre fazendo referências ao filme através da paleta de cores e de objetos marcantes que garantem personalidade e tropicalismo. Verde, cinza, preto e branco predominam no espaço, que, claro, tem também o amarelo presente nos quadros, adornos e nas bananas, que fazem parte da decoração. Representações da fauna e da flora nacional então entre os destaques junto com a mesa de jantar em vidro verde.

Entre Dois Amores — Natalia Paes de Andrade e Simone Meira

A mudança de Karen Blixen, vivida por Meryl Streep em ‘Entre Dois Amores’, para um país completamente diferente do seu, mas sem deixar para trás suas origens, foi a inspiração da dupla Natalia Paes de Andrade e Simone Meira. O loft de 60 m² apresenta traços da personalidade de Karen e representa a harmonia de um espaço para morar, receber amigos e trabalhar. A mistura das culturas africana e dinamarquesa aparece no projeto através de elementos na decoração, que inclui diversas fotos. O charme fica por conta da parede rústica de tijolos aparentes em sintonia com os móveis clássicos, como a cama com dossel.

Simplesmente Acontece — Patrícia Netto

Os encontros e desencontros do filme ‘Simplesmente Acontece’ inspiraram a arquiteta Patrícia Netto a criar um ambiente versátil. O loft de 78 m² tem características masculinas, com paredes em tons de cinza e preto, e valoriza o quarto de dormir e a sala de estar. O couro natural da cabeceira da cama aparece também no sofá ao lado e uma poltrona de leitura divide os ambientes. O espaço conta ainda com uma estação de trabalho e um balanço verde bandeira que traz leveza ao projeto. O destaque é um pergolado de madeira em U que possui múltiplas funções. Além da iluminação indireta nas paredes e no teto, através de fitas de LED embutidas, ele também é uma adega com suporte em aço-inox para as garrafas de vinho e jardim vertical com samambaias.

Uma Linda Mulher — Raquel de Alencar

O projeto da arquiteta Raquel de Alencar reproduz a suíte do hotel Bervely Wilshire, cenário icônico do filme ‘Uma Linda Mulher’. Com 89 m² a versão atualizada do espaço preza pelo conforto e pelo clima romântico eternizado pelos personagens de Julia Roberts e Richard Gere. O mobiliário clássico divide espaço com a contemporaneidade do projeto, que inclui a cabeceira da cama em porcelanato e a presença das cores verde e cinza. Obras de arte de Carlos Araújo e Carlos Vergara e uma escultura de Cassio Lázaro completam o ambiente.

Serviço

Mostra Decor+Cinema da Artefacto
Horário: 
de segunda à sexta, das 10h às 22h; Domingo, das 15h às 21h
Local: Artefacto | Casa Shopping
Endereço: Av. Ayrton Senna, 2150, Bloco K | Barra da Tijuca | Rio de Janeiro | RJ
www.artefacto.com.br