23/08/2021 — Texto: Press Pod | Fotos: Sara Magni e Ted Gushue

Em parceria com o hoteleiro venezuelano Luis Contreras, Patricia Urquiola volta ao Lago di Como os seus móveis e curadoria de design italiano

Aberto em 2018 com projeto de Patricia Urquiola, firmando-se entre os hotéis mais luxuosos do mundo, o Il Sereno Lago di Como, na Itália, segue evocando o design como protagonista na experiência de hospedagem, lançando agora em sua expansão uma penthouse inteiramente “comprável”, com catálogo de peças e móveis que mais uma vez carregam a assinatura da celebrada designer e arquiteta espanhola.

Não apenas os hóspedes do hotel poderão conferir este novo projeto de Urquiola, mas a experiência se estende ao público, que pode acessar virtualmente o espaço de 150 metros quadrados que inclui sala de estar, dois banheiros, varanda de 30m², e ali encontrar peças de decoração, tapeçaria, estofados e móveis. São 46 itens à venda, de um vaso de cerâmica da Alessi, de 48 Euros, a um (Love me) Tender Sofa, de Patricia Urquiola para Moroso, de 8.222 Euros.

Criações da própria Patricia Urquiola tomam frente, entre a fabulosa banheira Lariana, desenhada exclusivamente ao Il Sereno e distribuída pela Agape, ou a cadeira Ludo, vendida pela Capellinni – ambas misturadas a marcas clássicas como Franco Albini, Gio Ponti, e outras peças emblemáticas do design italiano contemporâneo.

A criação da Penthouse teve inspiração no glamour italiano do pós-guerra e nas referências regionais, a exemplo das famosas sedas produzidas localmente – que na década de 50 eram muito usadas como echarpes pelas mulheres que passavam os verões no lago. Como foi o primeiro lugar no mundo ocidental onde sedas foram tecidas, tendo o mercador romano Marco Polo as trazendo da China no século 11. A região é ainda um centro mundial de produção da seda de mais alta qualidade, e para a designer espanhola, era particularmente importante que tudo fosse adquirido nas proximidades. Almofadas e estofados incluem motivos que retratam a paisagem montanhosa que emoldura o Lago.

Nos últimos anos, como diretora criativa da Cassina, tenho tido a oportunidade de investigar mais de 600 peças do arquivo, além de estar em contato com provedores destes mestres do design. Esse processo coincidiu com o projeto de expansão do Il Sereno Hotel, que resgata de forma contemporânea a energia daqueles tempos e destes grandes criadores. Utilizamos peças de Gio Ponti, Franco Albini, Vico Magistretti, Aldo Londi e a releitura de detalhes de Carlo Scarpa, combinando-os a novos produtos harmonicamente.” comenta Patrícia Urquiola.

Os elementos da suíte dialogam com todo o projeto original do hotel com os mesmos materiais, acabamentos e proporções. Quem se hospedar na penthouse e nas demais novas suítes poderá utilizar toda a estrutura já existente do Il Sereno Lago di Como, entre o restaurante Berton Al Lago, premiado com 1 estrela Michelin logo em seu primeiro ano de funcionamento e o spa localizado na dársena centenária, com seus tratamentos e terapias da grife de cosméticos suíça Valmont. Além da estrutura de lazer do hotel: a piscina de borda infinita sobre o lago, e aproveitar os passeios a bordo de um dos três tradicionais barcos Cantiere Ernesto Riva – prontos para transportar os visitantes até os encantadores vilarejos do entorno, e outros pontos de interesse como a Villa Pliniana – palazzo do século 16 também administrado pelos Sereno Hotels, exclusivo para eventos e reservas de grupos e famílias.

Se repetem também nesta expansão, na fachada abaixo da grande suíte penthouse, os jardins verticais do botanista francês Patrick Blanc, quem colaborou previamente com três projetos no hotel original – Le Canyon, Les Racines Echasses and Le Mirroir du Lac – paredes vivas que podem ser vistas desde quem chega pelo lago.

A diária na nova suíte Penthouse a partir de €3500.

ilsereno.com

E–shop:  https://shop.serenohotels.com/