25/12/2020 — Texto: Noa Network of Architecture | Fotos: Alex Filz

Após a reconstrução, a paisagem estrutural em camadas reflete de forma sustentável os arredores e traz a natureza para dentro do hotel

Na demolição e reconstrução do Hotel Tofana em San Cassiano, no Vale de Badia (IT), a serra envolvente serviu de inspiração para a nova arquitetura e design de interiores, sob cuidadoso projeto de noa*. O conceito da nova ‘Casa do Explorador’ transfere o espírito atlético da família do proprietário para todo o conjunto, que traz a natureza para dentro.




O tradicional estabelecimento familiar foi fundado em 1933 e agora é administrado pela terceira geração desde 2011. O entusiasmo de Günther e Verena Frena pelo esporte desempenhou um papel decisivo no design do novo hotel. A personalidade dinâmica dos dois instrutores de Yoga e Pilates, ciclistas de montanha, instrutores de esqui e snowboard e montanhistas levou o novo Tofana a se adaptar a essas duas potências atléticas: a “montanha” torna-se uma inspiração conceitual abstrata para toda a arquitetura. A silhueta externa é esteticamente agradável com seu entorno paisagístico único e reflete a forma de um pico de montanha arborizada. O hotel atua de fato como um ‘campo de base’ para o hóspede.

Interior e exterior, retiro e experiência natural, são ligados por terraços e varandas, que parecem circundar a paisagem. As superfícies das janelas espaçosas e a estrutura em terraço permitem que a luz penetre profundamente no interior do edifício. Os terraços fundem-se por elementos verticais em forma de escadas e rampas e desenham-se como um caminho que serpenteia e rodeia o edifício até à cobertura com uma ‘cruz de cume’.

Densa plantação de coníferas e plantas que se enrolam para cima caracterizam a aparência da fachada. O edifício torna-se parte integrante dos cenários naturais circundantes. Por ser compacto, com a sua forma irregular e assimetricamente desenhada e as várias extremidades, atua como uma formação rochosa afunilada para cima. A casa traz a natureza para dentro de casa. Ao mesmo tempo, as numerosas árvores dos terraços intensificam as ideias de design conceitual e parecem permitir que o espaço exterior se funda com o interior.

O novo Tofana deve tornar-se o lar temporário do hóspede… Ponto de encontro, centro de regeneração e recreativo, bem como ponto de partida ou acampamento base para aventureiros, desportistas e conhecedores. Seguindo o lema ‘Nunca pare de explorar’, o conceito de movimento e as infraestruturas do novo Tofana Hotel, seguem o princípio de um percurso de escalada, que pode ser percorrido pelo visitante. A natureza e a montanha servem de palco para vários locais para ficar e relaxar.

Vários salões e restaurantes podem ser encontrados no piso térreo, sempre seguindo a paisagem natural alternada do Vale do Badia: móveis e sofás em tons de azul, verde e marrom sugerem prados alpinos, biótopos, florestas de musgo ou cavernas rochosas. Da ‘Estação Base’ – a recepção com gôndola – leva-o até as ‘cabanas’ (quartos e suites), mais além sobre as rochas até ao cume da neve e do gelo criando uma área de relaxamento com vista para as Dolomitas.

A experiência natural se torna o tema principal de todo o design. O mobiliário é flexível, os detalhes são pensados ​​ao mais ínfimo pormenor e feitos por artesãos locais. A materialidade harmoniosa da casa é baseada em elementos sustentáveis ​​locais como madeira de lariço, tecido de linho, paredes de pedra natural e grandes vidraças inundadas de luz… Redes, balanços, pufes, sofás, almofadas, pôsteres e palavras tecem pelos espaços, sublinhando o caráter genuíno da casa.

 

Quer mais informações: acesse o site www.hoteltofana.it ou o Instagram @hoteltofana