23/09/2017 — Texto: TL Portfolio | Fotos: Divulgação

O GoldenEye revela um Caribe chique e descontraído que até então vivia atrelado ao reggae.

A propriedade exuberante foi descoberta pelo autor de James Bond, Ian Fleming (que era oficial da marinha britânica), e está localizada na cidade de Oracabessa, na costa norte da Jamaica. Construída nos anos 50, durante anos serviu como refúgio de celebridades, escritores e chefes de estado.

Sob o comando da lenda musical Chris Blackwell, empresário visionário que lançou Bob Marley à fama e fundou a Island Records, o GoldenEye abriu para convidados em novembro de 2010 e preservou o local com um cuidado exigente, assegurando que o fascínio de Ian Fleming perdurasse.

Situado em natureza intocada, entre jardins tropicais e próximos a águas calmas da lagoa ou de praias isoladas, a propriedade de 52 hectares engloba villas – dentre elas, a casa onde o autor escreveu os famosos romances – e Beach Huts – cabanas à beira-mar, com um ou dois quartos, terraço privativo, área para piscina e snorkeling, projetadas para quem quer imergir na natureza sem abrir mão no conforto, totalizando 49 opções de acomodação.

O hotel oferece uma experiência autêntica da Jamaica, desde sua decoração até os tours exclusivos criados para promover a cultura local, incluindo visita ou hospedagem no Pantrepant, uma fazenda no meio do país onde mora Chris Blackwell. Dentre as atividades é possível praticar: snorkeling, mergulho, caiaque, stand uppaddle, pescaria, trekking, mountain bike, ioga, passear de barco ou jet ski, jogar tênis ou golfe, visitar cachoeiras, andar a cavalo, observar tartarugas e nadar com golfinhos.

Na chegada ao GoldenEye os hóspedes são levados por uma calçada de cascalho rodeada de bosques com árvores indígenas doadas por convidados habitués como Kate Moss, Naomi Campbell, Jude Law, Willie Nelson e Martha Stewart. Aqueles que ficam na Fleming Villa continuam ao longo do jardim à direita até chegarem à borda do penhasco. A icônica casa acomoda grupos de até 10 pessoas e possui três quartos, sala de jantar, piscina particular e acesso direto à praia privada.

Ann Hodges, principal arquiteto da Jamaica, e a renomada designer de interiores Barbara Hulanicki foram chamados para decorar o local, combinando com a atmosfera que já existia na propriedade. Todas as villas têm jardins privados com chuveiros ao ar livre – o banho pode ser o ponto alto da viagem!

Com um aceno para história do ilustre Blackwell na indústria da música, todos os apartamentos possuem um sistema de som Logitech Squeezebox equipado para pegar qualquer estação de rádio ou gênero de música de todo o mundo. Wi-Fi gratuito também está disponível em toda a propriedade.

Os menus nos dois restaurantes e no bar do Goldeneye oferecem uma grande variedade de especialidades locais e frescas preparadas na tradição “soulful”. O LowCay Beach, mais casual e pé-na-areia, e o Bar Bizot oferecem refeições ligeiras, coquetéis exóticos e vinhos internacionais.

Já o Gazebo apresenta um salão ao ar livre e funciona somente à noite, com comida de toque internacional e vista para as águas da lagoa e da praia – ambiente ideal para vivenciar um inesquecível pôr-do-sol caribenho.

www.goldeneye.com