22/02/2018 — Texto: Cobogó – Relações Públicas | Fotos: Divulgação

13ª edição acontece na Escola da Cidade e no SESC (Pompeia, Cinesesc, Consolação e 24 de Maio); programação terá debates abertos ao público – abertura tem conversa com Paulo Mendes da Rocha e Solano Benitez (Paraguai).

Consolidado como um dos mais significativos eventos realizados pela Escola da Cidade – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, o Seminário Internacional chega à sua 13° edição com o tema “Arquitetura é forma de conhecer”. Anualmente, durante uma semana, convidados nacionais e internacionais de prestígio da área de arquitetura e urbanismo participam de debates, workshops e dinâmicas que envolvem estudantes, professores e público interessado em trabalhar temas contemporâneos da área. O evento deste ano acontece de 24/02 a 02/03 na sede da Escola da Cidade e em unidades do SESC SP e a abertura, aberta ao público, trará uma conversa com os arquitetos Paulo Mendes da Rocha, Solano Benítez (Paraguai) e Cristiane Muniz (São Paulo).

A 13ª edição do Seminário Internacional irá discutir a interpretação e produção do espaço urbano como parte essencial da aprendizagem em Arquitetura e Urbanismo. Uma reflexão sobre a especificidade do olhar do arquiteto perante o ambiente construído e sua relação com outros olhares. A leitura e interpretação da cidade como forma de conhecer o homem, a arte, a técnica, a história. Conhecer como ação que possibilita a realização de uma proposta.

“Arquitetura é forma de conhecer” iniciou seu programa com o ateliê de projetos Reconhecer São Paulo no Estúdio Vertical de 2017, da Escola da Cidade, que consolidou uma pesquisa urbana e arquitetônica coletiva e interdisciplinar. O resultado dessa produção coletiva será o ponto de partida para o workshop Arquitetura é forma de conhecer, uma espécie de plataforma para o diálogo entre os convidados do Seminário e a comunidade da Escola da Cidade, capaz de abrir caminho para um laboratório de propostas para São Paulo. O workshop contará com 12 grupos de trabalho formados por cerca de 30 estudantes de graduação, um professor estrangeiro convidado e um professor da Escola da Cidade.

www.escoladacidade.org