01/12/2017 — Texto: A4&Holofote Comunicação | Fotos: Kris Tamburello

Edição de estreia da CASACOR Miami.

No dia 01 de dezembro, a CASACOR faz sua estreia em solo Norte Americano com a mostra CASACOR Miami. São 20 ambientes e mais seis intervenções artísticas em cerca de 2 mil m². Oito renomados profissionais representam o mercado brasileiro: Dado Castelo Branco, Roberto Migotto, Studio Guilherme Torres, Paulo Alves, Tatiana Moreira e ainda, os profissionais que estiveram na CASACOR SP 2017: Leo Shehtman, Leo Romano e Gustavo Neves.

O evento acontecerá no Brickell City Centre, projeto inovador de 450 mil metros quadrados. O empreendimento de US$ 1,05 bilhão, foi projetado pelo escritório Arquitectonica para a Swire Properties, uma das principais incorporadoras internacionais de imóveis urbanos do Sul da Flórida. A mostra ocupará três penthouses, dentro de uma das torres residenciais do empreendimento.

Participam ainda da primeira edição da CASACOR Miami: Sandra Diaz Velasco, Paolo Pininfaria, Adriana Mavignier, Suchi Reddy, Jonathan Gonzalez, Yield, Shim Projects + Genius Jones, Victor Berga e Michael Jon Radziewicz, Roque Saldias, Roye, Cable Design e ainda, Fernando Wong.

The Conversation — Suchi Reddy

Mangueiras de Jardim, madeiras exóticas, tecidos metálicos e resina compõe essa área de jantar e relaxamento. A coluna de entrada é revestida com um elemento cinético que se move junto com o visitante, encorajando-os a entrar no espaço. Cores fortes evocam os trópicos e ressaltam o mobiliário latino-americano de designers como Oscar Niemeyer e irmãos Campana. “As vistas impressionantes nos inspiraram a criar um design cuja personalidade pudesse ser tão interessante quanto o cenário”, diz a Arquiteta Suchi Reddy.

The Garden of the Bar — Adriana Mavignier

A imensidão do terraço inspirou a paisagista a criar abrigos menores, onde os visitantes podem conversar e contemplar o horizonte de Miami. Suntuosas palmeiras encaixam-se na diversidade de plantas de menor porte. Os vasos de diferentes alturas criam perspectivas confortáveis tanto para quem está de pé, quanto para quem permanece sentado. Uma área coberta ao redor do bar tem sofás e mesas laterais minimalistas, enquanto pufes e guarda-sóis recebem convidados na área ao ar livre. No Bar do Jardim, a flora tropical conecta os diferentes espaços.

Geometric Experience #2 — Cable Design

A arte geométrica inspirou os designers a desconstruir as linhas entre pintura, escultura e design de interiores neste projeto. O resultado é uma combinação de instalação e sala. O espaço é palco para o trabalho de artistas abstratos, enquanto móveis finos de designers como Anderssen & Voll e Pedro Useches transmitem clareza e calma. A paleta de cores é restrita, com tons de azuis pastel e amarelos. Segundo o arquiteto Carlos Falkenhagen, “queríamos brincar com cores sólidas e formas puras”.

Family Room/Office — Dado Castello Branco

Um jovem casal que aprecia música, artes visuais e literatura inspirou este espaço de trabalho e de convivência. “O desafio foi criar uma área que seja multifuncional e prazerosa”, diz Dado Castello Branco. Os tons azuis e brancos iluminam o ambiente, enquanto os pisos de madeira dão o tom do aconchego. O relaxamento foi prioridade na área de descanso: o casal pode passar o tempo livre espalhando-se nos grandes pedaços de móveis de design italiano e brasileiro. As obras de arte com temática praiana de Vik Muniz, Massimo Vitali, Marcos Chaves e Josef Hoflener contribuem para a atmosfera.

Sky Line Penthouse Garden —
Fernando Wong

Imaginamos um jovem casal que recebe convidados informalmente neste terraço tropical. As suculentas e palmeiras, unidas à vegetação frondosa, moldam um cenário exuberante. A leveza se dá por diferentes tons de branco em peças de móveis, acessórios e uma estátua de mármore do artista italiano Oriano Galloni. “É como se o espaço estivesse flutuando acima da cidade”, explica Wong. O paisagista utilizou uma vegetação capaz de resistir tanto aos ventos fortes como à seca.

SKENE Studio — Gustavo Neves

Uma versão remixada da melodia de Maria Callas toca neste ambiente cheio de personalidade que homenageia a passagem da soprano grego-americana há 40 anos. Os visitantes entram no espaço por um túnel de paredes escuras pontilhadas com metal e armários de pedra. As arandelas evocam o amor de Callas por joias. Na sala principal, o tapete preto e o papel de parede escuro, complementam a instalação magnética interativa de Luis Pons. O mobiliário inclui um sofá-cama personalizado e uma tela de ébano do designer Alexander Lamont.

Office GA — Jonathan Gonzalez

As paredes e piso de cores neutras deste espaço são os únicos elementos básicos desta instalação imersiva. Os designers transformaram um quarto comum em uma espécie de galeria configurada com arquitetura e móveis geométricos. No lugar dos acessórios tradicionais, as divisórias são cobertas com lâmpadas. As luminárias lineares criam listras de iluminação ao longo das superfícies, proporcionando ao espaço uma sensação única.

Room with a view — Leo Romano

Polias, miniaturas, bichos de pelúcia – e até uma cadeira projetando-se da parede – povoam este quarto magistral, ideal para amantes de espaços incomuns. Leo Romano posicionou a cama no meio de armários escuros que exibem peças colecionáveis. “Não é somente uma área para dormir, mas também um lugar para ler e investigar as curiosidades”, diz o arquiteto e designer. O profissional desenvolveu algumas peças em parceria com o artista Iêda Jardim. A paleta de cores, com cinza e rosa claro, torna o quarto neutro.

Urbanitas Master Bedroom — Leo Shehtman

Esta suíte urbana foi criada para enfatizar as diferenças: a paisagem melancólica do papel de parede contrasta com os azulejos cinza escuro. A cama de couro contemporânea dissemelha o mobiliário de design do meio do século. Um tapete preto e branco está no centro de tudo. O objetivo deste esquema de cores monocromático é uma atmosfera cosmopolita, que chama a atenção para as grandes fotografias de Raphael Macek, Gigi Monteiro e Vander Bersewish. “Nós imaginamos um lugar onde você respira arte”, diz Leo Shehtman.

Pininfarina Bar — Paolo Pininfarina

O designer Paolo Pininfarina criou um elegante bar escultural rodeado de vegetação. Com pouco mais de 5m de comprimento, é feito de madeira com acabamento em laca polida branca. A frente do bar, em couro azul costurada à mão, traz a marca registrada do designer e dá ao espaço um toque de aconchego. Os pés de aço escovado e os uplights deixam a peça dinâmica. “O design caminha na inspiração do estilo de vida energética e vibrante de Miami”, explica Pininfaria.

Tarsila Hall — Paulo Alves

As bananeiras e o tapete de juta vermelho no lobby do elevador tornaram o espaço uma galeria de design. As paredes receberam tapeçarias sobre algumas das pinturas mais famosas da modernista Tarsila do Amaral. “Há muita paisagem brasileira em seu trabalho – não só a topografia, mas também a vegetação”, diz Paulo, que inspirou o conceito do espaço na arte de Tarsila. O designer criou, em parceria com Hugo França, o mobiliário orgânico feito de tronco de pequi restaurado e madeira amazônica certificada.

Art Trend — Roberto Migotto

Obras de arte estão sob os holofotes nessa área de Cozinha e Sala de Estar contemporâneas. O papel de parede na cor pistache pálido forma um background neutro para as modernas esculturas e fotografias de artistas como Massimo Listri e Araquém Alcantara. O elegante mobiliário inclui um lustre dourado do meio do século, o que cria uma atmosfera chique à mesa de jantar. Outra peça de destaque é o sofá curvo de veludo, as mesas de centro geométricas e poltronas de madeira tropical. Um grande tapete de lã e seda, desenhado por arquitetos e tecido à mão no Nepal, adiciona cor à composição e complementa os móveis de descanso.

White Canvas — Roque Saldias

Uma mistura de sala de estar e gabinete de curiosidades, esse espaço convida os visitantes para a luxuria, entre obras de arte de várias eras. Peças modernas de mobiliário desenhadas por Arne Jacobsen e Jaime Hayon garantem um vantajoso ponto de vista para admirar a arte com conforto. Dentre os objetos, um baú sírio em madeira e madrepérola, carpetes alpaca feitos à mão e um moderno Quipu, instrumento de manutenção de registro criado pelos Incas. “Eu imaginei como um porta-joias”, diz Daly, que contrastou matizes de lã natural, alabastros em dourado com paredes brancas.

A Study in Blue — Roye

Dominada pelo azul, essa sala de estar serve como um retiro para auto renovação e inspiração. Materiais genuínos – madeira, concreto, linho, lã e couro – criam a sensação de acolhimento. Visitantes são convidados a ler, desenhar e interagir com amigos e apreciar as pinturas de Jean-Paul Mallozzi e Julio Rondo. Tecnologia integrada impulsiona a performance do ambiente. Softwares monitoram a qualidade do ar, água e iluminação, estimulando os ritmos corporais na melhora do humor e da energia.

Jungla Room — Sandra Diaz-Velasco

A entrada desse lobby recebe os visitantes e chama a atenção com grandes objetos e um arranjo espacial incomum. Os bancos, sofás e poltronas encorajam o relaxamento e interação entre os visitantes. Materiais como couro e madeira evocam texturas naturais, criando contrastes com superfícies metálicas. A paleta de cores neutra recebe toques de dourado, prateado, azul, verde e laranja. “As cores expressam a natureza em todo o seu esplendor”, diz Sandra Diaz-Velasco. “É como eu relaciono o espaço com o excitante verde da área externa”.

A Tropical Urban Dreamland — Shim Projects + Genius Jones

Mais um cenário do que um quarto de bebê tradicional, esse espaço conceitual foi inspirado pelas paisagens urbanas do oeste de Miami. O exuberante papel de parede com temática de floresta tropical estabelece a paleta de cores verde e branca. É também pano de fundo para elementos esculturais e peças de mobiliário em forma de animais, árvores e arranha-céus. “Eu sinto que a CASACOR é uma oportunidade para os criativos irem além de seus limites e oferecerem um ponto de vista diferente dos projetos do dia a dia”, diz Annhy Shim-Morel, Diretor de design da Shim Project.

White Hotel — Studio Guilherme Torres

Branco é a cor predominante neste quarto de hotel desenhado com um casal internacional em mente, talvez na cidade para a Miami Art Basel. Cortinas translúcidas e um painel trançado filtram a luz natural, aumentando o efeito de relaxamento das cores claras. Peças orgânicas e baixas de mobiliário trazem fluidez ao quarto. Os materiais vão dos táteis – tecidos e madeira – a superfícies lisas e sólidas. O projeto também inclui peças de arte feitas sob medida em areia e pigmento branco por Carolina Mascarenhas.

Multi-Use Space for the Modern Man — Tatiana Moreira

Esse espaço “5 em 1” funciona como biblioteca, escritório, sala, bar e quarto de hospedes com uma cama retrátil. Moreira fez o projeto para um homem dinâmico que tem um estilo de vida metropolitano. Para tal, ela usou uma paleta de cores em cinza claro, verde militar, rosa pálido e dourado. O piso em nogueira e a parede de mármore formam um pano de fundo luxuoso para o mobiliário italiano, enquanto prateleiras espelhadas do chão ao teto exibem livros e fotografias. Generosas portas deslizantes convidam a luz do sol a entrar.

Ponce Berga — Victor Berga e Michael Jon Radziewicz

Especialistas em design vão se sentir em casa nesse cenário que destaca um inventário de mobiliário e acessórios do século XX de Ponce Berga. Aqui, os móveis aclamados pela crítica esfregam os ombros com trabalhos obscuros. Uma lâmpada 4/4 de Poul Henningsen, por exemplo, atravessa uma mesa de café anônima de plástico e madeira. Formas que fluem e materiais orgânicos como couro e pele de carneiro criam uma atmosfera natural. As obras de Tamuna Sirbiladze e John Szarkowski adicionam o movimento à sala. O dono da galeria Michael Jon Radziewicz explica: “Esperamos criar um ambiente que oscile entre o institucional e o doméstico”.

Suna — Yield Design Studio

Este refúgio para um amante da natureza e do minimalismo mistura elementos da vegetação exuberante da Flórida com uma casa de chá zen. As plantas tropicais e os travesseiros do chão geram uma atmosfera casual para leitura e drinks, enquanto a interação entre cores ricas e neutras dá ao espaço um aspecto calmante. Dos designers: “Nossa paleta de materiais se concentra em acabamentos brutos com textura sutil e profundidade”. As superfícies de cortiça, latão, madeira e cerâmica mostram uma paixão pelo exterior.

Serviço

CASACOR Miami
Data: de 01 a 18 de dezembro de 2017
Local: Brickell City Centre
Endereço: 88 SW 7th Street, Miami, Florida 33130, EUA
Informações: casacor.abril.com.br