05/07/2018 — Texto: Benedita Comunicação | Fotos: Gustavo Xavier

A terceira edição da mostra boutique, que reúne o melhor do passado e do presente, agitou o mercado de arquitetura e decoração em Minas Gerais.

O imóvel de estilo brutalista, localizado no “Clube dos Caçadores”, no Mangabeiras, que sediou a 2ª edição da Modernos Eternos em 2017 voltou a abrigar a mostra em 2018. Com proposta inovadora, a feira lançou o conceito mix&match, onde misturou, com muito equilíbrio e charme, peças antigas e contemporâneas, traduzindo um “jeito brasileiro” único de decorar.

A Modernos Eternos tem características muito próprias: tudo está à venda, desde os móveis, objetos e arte até o talento dos profissionais que projetam seus ambientes. E é sustentável em todos os sentidos – inclusive ao dispensar reformas e construções e privilegiar as produções, simples e sofisticadas montagens, que se tornam vitrines da decoração mais atual do mundo.

Criada em 2014 em São Paulo, por Maria di Pace e Sérgio Zobaran, e em Belo Horizonte com curadoria e realização de Josette Davis, a mostra nesta edição apresentou 23 ambientes assinados por 34 conceituados arquitetos e designers de interiores, no período de 12 a 24 de junho de 2018. Confira os ambientes: