12/07/2018 — Texto: Denise Delalamo Comunicação | Fotos: Divulgação

Bebidas, marcas de pneu, óleos e tintas são algumas das manchas mais comuns em placas cerâmicas.

Pisos e revestimentos cerâmicos são normalmente limpos com água e sabão/detergente neutro. Na maior parte dos casos, esta combinação é mais do que suficiente para manter a superfície limpa e conservada. No entanto, as manchas e sujeiras mais persistentes exigem combinações diferentes.

“É comum encontrarmos soluções e misturas caseiras que transmitem a sensação de problema resolvido. É preciso seguir à risca as orientações do fabricante para não danificar o produto permanentemente”, explica Luis Fernando Ortigossa Filho, da Lef Cerâmica.

Certos agentes limpantes precisam ser diluídos e aplicados com cuidado, pois a fórmula concentrada pode não só manchar as peças como oferecer risco para quem aplica, em especial aos pés e às mãos. Utilizar luvas e calçados adequados é essencial para uma limpeza segura. No uso de ácidos para limpeza, é importante umedecer as placas cerâmicas antes de aplicar a diluição.

Confira abaixo os principais tipos de manchas/sujeiras em cerâmicas e o produto mais recomendado para limpeza:

Tipos de Mancha

Limpeza

Exemplo


Cimento e resíduos calcários

Ácidos orgânicos diluídos em água ou ácido muriático diluído à 10%

Vinagre


Ferrugem

Água sanitária e saponáceo ou ácido muriático diluído à 10%


Azeites

Álcool etílico


Gorduras

Detergente ou bicarbonato de sódio e água


Tintas

Solvente específico

Thinner, Varsol


Resina protetiva

Detergente alcalino em água quente

Sabão em pó


Bebidas (café, sucos, cerveja, vinho etc.)

Detergente alcalino em água quente, ou água oxigenada, ou acetona ou benzina

Sabão em pó


Graxas e óleos

Detergente alcalino em água quente

Sabão em pó


Borracha de pneu

Solvente orgânico ou saponáceo

Aguarrás


Grafite

Borracha escolar


Riscos de giz de cera

Detergente alcalino em água quente

Sabão em pó


Sangue

Água oxigenada