20/09/2018 — Texto: dc33 Comunicação | Fotos: Luis Gomes

O profissional mostra soluções econômicas que adotou em seus projetos

Para renovar a decoração de casas e apartamentos, fazer um espaço parecer maior, aumentar a capacidade de armazenamento e ter um jardim em casa não é preciso um orçamento alto. Basta escolher as cores, a iluminação e as peças mais adequadas para alcançar um excelente resultado sem gastar uma fortuna. O arquiteto Bruno Moraes, do escritório Bruno Moraes Arquitetura, sugere algumas soluções econômicas que usou em seus projetos.

Iluminação

Luminárias que permitem mudar a direção e acrescentar novos pontos de luz são uma alternativa mais econômica do que versões embutidas, pois podem ser adaptadas às alterações de layout. Bruno recomenda os trilhos compostos por spots. “Com o tempo, se o morador quiser trocar o sofá por um modelo maior ou acrescentar uma poltrona, o trilho permite mudar a posição dos spots e direcioná-los para as novas peças, além de haver a possibilidade de aumentar ou diminuir a quantidade de pontos de luz”, explica o arquiteto.

Prateleiras

As prateleiras são boas aliadas na hora de decorar sem gastar muito. Além de dar suporte a objetos decorativos e organizar o que precisa estar sempre à mão, elas também servem para aumentar o espaço de armazenamento de maneira barata. Na cozinha, a prateleira revestida de folha de freijó claro – uma opção bem econômica e com bom custo-benefício – foi instalada com pinos invisíveis. “Para destacar os objetos, ela tinha que ser um elemento limpo, por isso optamos pelos pinos em vez da mão-francesa”, conta Bruno.

Espelhos

Para fazer um espaço parecer maior, há uma solução mais em conta do que derrubar paredes. “Espelhos sempre funcionam para ampliar ambientes, mas tome cuidado para não perder a personalidade colocando espelhos por todos os cantos. A casa tem que ser um reflexo do morador e não ficar com cara de apartamento decorado”, recomenda o arquiteto

Acessórios práticos

As tramas metálicas são bem baratas e podem substituir murais de recados e porta-retratos. A parede do home office ganhou uma tela na cor cobre, que tem tanto a função de deixar lembretes do trabalho quanto de expor imagens e gravuras para decorar a sala. “Como o cantinho do escritório fica no meio do estar, precisávamos criar um ambiente funcional e que ao mesmo tempo conversasse com a temática do apartamento”, justifica o arquiteto.

Jardim vertical

Um espaço verde em casa não precisa demandar um grande investimento. Vasos simples de plástico pendurados com ganchos em ripas de madeira, parafusadas na parede, são suficientes para compor o jardim vertical ou a horta com temperos fresquinhos. É uma boa ideia rápida de executar.

www.brunomoraesarquitetura.com.br