29/05/2020 — Texto: MD Assessoria & Relacionamento | Fotos: MCA estúdio – Denilson Machado e Juliano Colodeti

Além de ser capaz de mudar completamente o visual de um ambiente, os tapetes proporcionam aquela sensação gostosa de acolhimento, especialmente nos dias mais frios

Os tapetes nunca saem de moda e, com a chegada dos dias mais frios, especialmente, são elementos essenciais num projeto de decoração. Eles podem ser usados tanto para promover a integração de espaços como também para delimitá-los, além de deixar o ambiente elegante e sofisticado. Para isso, é importante saber usá-los na proporção adequada e estar atento a qualidade.

Como escolher o tapete ideal para sua casa

Na hora de escolher a peça, aposte no modelo que harmonize com o décor. “É importante considerar alguns aspectos, tais como: quantas pessoas moram na casa; quantas são crianças; em qual ambiente o tapete será usado e até mesmo se tem animais de estimação. Tudo isso deve influenciar sua escolha”, conta Beatriz.

Já o estilo da peça depende também do restante da decoração, seja ela formal, clássica, despojada, contemporânea. O que importa é que haja harmonia com o décor já existente. “Tapetes coloridos, usados como protagonistas, pedem base neutra. Desenhos que misturam texturas em alto e baixo relevo trazem requinte e estilo ao ambiente. Usar uma mesma paleta de cores, no mobiliário e no tapete, com leves toques coloridos nos acessórios e obras de arte dão leveza ao ambiente e sensação de amplitude”, sugere a designer.

Living

O Living é considerado o cartão de visitas de uma residência, por isso, merece uma atenção especial. O uso de tapetes nesse ambiente é essencial, pois ele irá trazer a sensação de conforto e acolhimento à decoração. “Como trabalhamos com tapetes sob encomenda, sugerimos que as dimensões sejam generosas, o tapete deve acolher todo o mobiliário existente no ambiente. Tapetes de grandes dimensões promovem integração e dão sensação de amplitude ao ambiente. Quanto ao estilo, vai depender do restante da decoração para que todos os elementos que compõem o décor convivam em equilíbrio e harmonia”, explica a diretora da Avanti

Ambientes integrados

Para living integrado com a sala de jantar, o uso dos tapetes pede uma atenção. Segundo Beatriz, as peças precisam ‘conversar’ entre si e manter uma certa distância mínima para que não fique com cara de carpete. Outro denominador comum pode ser uma mesma paleta de cores, textura ou desenhos que sejam coordenados entre si: “um desenho deve complementar o outro”, conta a diretora. Os tapetes para sala de jantar pedem atenção por ser o ambiente mais utilizado da casa e sujeito a pequenos acidentes. Portanto, quando pensar neste ambiente, o ideal é que tapete seja de baixa espessura 10mm para facilitar a manutenção e a movimentação das cadeiras.

Home Theater

Este ambiente é um dos espaços mais agradáveis da casa, local de descontração e convívio familiar. A aplicação do tapete aqui não tem limites. “Os estilos podem ser os mais variados, modernos, coloridos, despojados e peludos. Este último é uma ótima opção para agregar aquele amigo que chegou de última hora para ver o jogo, por exemplo, e pode sentar no chão sem problemas, pois ficará super confortável”, conclui Beatriz.

Quartos

É comum uso de tapetes ou carpetes nos quartos, onde são capazes de proporcionar conforto. As peças têm o poder de trazer sensação de aconchego e bem-estar e a escolha do tamanho e espessura pode contribuir ainda mais com essa percepção. “Quando decidimos pelos produtos com maior espessura, mais densos e macios, o tato sensorial nos remete ao conforto. Se a opção for por tapete, é importante que seja generoso nas laterais e na frente da cama. Agora, se a opção for por carpete, além dos atributos já mencionados de bem-estar, são também isolantes termo acústicos, ou seja, ajudam a minimizar o excesso de ruído interno e externo e auxiliam na manutenção da temperatura ambiente, independente da temperatura externa“, afirma Beatriz.

Para saber mais, acesse: www.avantitapetes.com.br