27/06/2018 — Texto: dc33 comunicação | Fotos: Evelyn Müller

Junto com o apartamento nunca usado, os proprietários desse lar em São Paulo ganharam um desafio: moldar o imóvel às suas necessidades.

O par recém-casado queria sala e closet maiores, além de uma boa área de maquiagem dotada de penteadeira para a esposa. A reforma, orquestrada pelo escritório RAP Arquitetura e Interiores, integrou espaços e remodelou a planta, tirando o máximo proveito dos 147 m².

O projeto uniu sala e varanda para criar um living mais amplo. As sócias da RAP, a designer de interiores Ana Paula Veirano e a arquiteta Alessandra Riera, aproveitaram o espaço a mais para instalar generosos pufe, da Cecília Dale, e sofá, da Decameron.

A cortina em tons sóbrios ora esconde, ora mostra o horizonte do bairro do Paraíso, em São Paulo. O estar recebeu piso em Limestone claro, que conferiu aos ambientes uma atmosfera clean.

As áreas íntimas também sofreram transformações. A equipe de obra uniu as duas suítes do imóvel. Um dos banheiros virou uma sala de banho – o espaço recebeu banco, duchas de massagem, chuveiro com iluminação relaxante e revestimento em mármore piguês, além de um deque de cumaru.

No outro cômodo, a bancada de Corian e o espelho feito sob encomenda formam uma confortável área de maquiagem e penteadeira.

A equipe de projeto não teve surpresas ao reformar o apartamento, já que os proprietários possuíam as plantas de elétrica, estrutura e hidráulica do imóvel. O maior desafio foi apenas integrar as vigas e pilares à decoração na hora de unir sala e varanda.

“Mesmo que você compre um apartamento cuja divisão interna não atenda às suas necessidades, quase sempre é possível modifica-lo”, dizem as sócias da RAP. “Arrisque! E sempre consulte um profissional”.