15/01/2018 — Texto: Cintian Moraes | Fotos: Divulgação

Um piano ¼ de cauda instalado na sala de estar foi o pedido especial do morador desse apartamento no bairro Chácara Klabin em São Paulo.

Assim como acontece na música que precisa de uma harmonia perfeita, a arquitetura e o design de interiores também pedem a mesma dedicação. Entendendo esse arranjo os arquitetos e urbanistas Arthur Oishi, Raphael Takano e Pedro Prado do escritório O+T&Prado Arquitetura reformaram o apartamento para um advogado que tem uma paixão especial pela música e que trabalha com direitos autorais musicais.

O escritório propôs uma integração entre o prazer do morador com um ambiente que trouxesse inspiração para um momento individual do artista: tocar e compor no piano.

Pedido atendido

“Após o início da obra o morador nos solicitou a inclusão do piano ¼ de cauda na sala de estar, assim fizemos a adaptação do projeto arquitetônico e elétrico para que o instrumento funcionasse junto com a automação do apartamento”, destacam os profissionais.

Mais espaço para se inspirar  

Com estilo contemporâneo, o projeto foi concebido visando a criação de ambientes fluidos e articulados. “Na sala de estar, ambiente de destaque, optamos pela integração espacial, agregando a antiga varanda e transformando-a em uma ampla sala de jantar com vista panorâmica”.

Funcional e atraente

Foram vários os desafios nessa obra, começando pela realização da automação da iluminação, video, áudio e piano, o revestimento das quatro faces do pilar com espelhos para um encaixe perfeito, a instalação de porta em marcenaria sem nenhuma guarnição e batente para um visual mais atraente, entre outros.

Ambientes modificados

No projeto original o apartamento contava com quatro quartos sendo duas suítes. Após a reforma, foi anexado um quarto com a suíte master tendo a função de closet. O banheiro da suíte master foi anexado com outro banheiro existente formando um conjunto de banheiro para ele e para ela sem interrupção visual apenas dividido pelo box do chuveiro. Um dos quartos agora é um escritório e a suíte menor tornou-se quarto de visitas.

www.otparquitetura.com.br