02/09/2020 — Texto: Larissa Karlovic | Fotos: Ivo Tavares Studio

Conceito visa estabelecer tendência de revitalização do centro histórico de antiga zona de cidade em Portugal

Com 110m², a “Casa dos Oleiros” está situada na zona antiga da cidade de Castelo Branco, no interior de Portugal – uma região que se encontra em constante declínio nos últimos anos. Em resposta à essa tendência, o projeto de Paulo Martins, do escritório Paulo Martins Arquitetura & Design, buscou assumir e resgatar contornos arquetípicos com o intuito de estabelecer uma nova tendência na ocupação urbana da cidade: a revitalização do centro histórico e sua ocupação por grupos mais jovens, devolvendo o dinamismo a essa parte da cidade.

Seguindo essa proposta, a intervenção do arquiteto consistiu em manter o aspecto original da moradia pelo lado externo e readaptar os espaços internos, adequando eles aos padrões de conforto e vivência atuais e revestindo os espaços com uma contemporaneidade minimalista.

Em relação a divisão dos ambientes, a casa organiza-se em 2 pisos e um mezanino. O piso térreo é destinado a espaços de descanso, por conta da iluminação, e os pisos superiores – que têm acesso pela escadaria original da construção – às áreas sociais. Neles, a amplitude dos espaços da cobertura foram restaurados, resultando em um pé direito bastante generoso e permitindo que a luz invadisse o espaço e refletisse nas paredes e no teto brancos, inundando todo o espaço, que antes era fechado.

No piso do mezanino, foi aberta uma claraboia no espaço de trabalho, fornecendo uma vista para o castelo e lembrando que o espaço, apesar de ser contemporâneo, também é repleto de histórias.

Em relação aos materiais, a proposta de Paulo Martins era criar um projeto com atmosfera leve e acolhedora usando materiais simples, mas de ótima qualidade, pintando as paredes e tetos com tons claros e revestindo pisos e mobiliários com madeira de pinho.

Para saber mais, acesse: www.paulomartins.com.pt