04/09/2018 — Texto: Biocomunicação | Fotos: Andre Fortes

Com atmosfera jovem e despojada, o apartamento localizado em Jundiaí, interior de São Paulo, atendeu exatamente as premissas do casal de executivos, sem filhos. Cores sóbrias, ar contemporâneo, elementos atemporais com base neutra que possibilitam atualizações na decoração com pequenas intervenções.

Na sala, trabalhamos com uma paleta neutra, composta de madeira e porcelanato Portobello, que imita concreto aparente para garantir a sobriedade. Toda a marcenaria da sala foi feita sob medida, começando por aquelas que ligam a área íntima, cozinha e lavabo. Essas foram criadas com a finalidade de camuflar a passagem, sem retirar a iluminação. Contou também com a elaboração de painéis ripados na vertical, que se interrompem para entrar pedras em relevos diferentes ou como prateleira em madeira de ipê amarelo, possibilitando a inserção de itens de decoração, com o objetivo de dar um ar moderno e sofisticado. Tudo foi feito para manter a sobriedade através de texturas diferenciadas e artigos sofisticados e neutros de decoração.

Para a porta do lavabo, optou-se pelo ripado de madeira, de forma que não se perca o espaço de abertura. Todo o ripado da sala vai do chão ao teto, medindo 1,5cm x 1,5cm. Como a arquitetura não permitia um hall de entrada, foi idealizado um espaço de nicho com vaso e iluminação led, para criar identificação com o visitante. Na sala de jantar, o rodapé foi elaborado em marcenaria, feito de madeira, considerando a possibilidade de não produzir mais um elemento, e assim evitar a poluição visual. Além disso, foi utilizado papel de parede em meia parede.

Para a cozinha, pensamos em um ambiente clean, onde predominam poucas cores, sendo elas sóbrias. Fazendo um contraponto com essa atmosfera séria, optamos por um revestimento branco em 3D da Portobello, dando uma valorizada através de iluminação led instalada na parte de baixo dos armários superiores. Nesta parte, a ideia foi mantê-los mais profundos e com espaço, sendo possível acomodar e esconder a coifa e o escorredor de louças, tornando o ambiente mais organizado e harmonioso. Vale lembrar que todo o mobiliário foi desenhado pela arquiteta Adriana Canova.

Na suíte casal, optou-se por mudar a arquitetura, modificando a entrada do closet, virando para o quarto e não para o banheiro. Dessa forma, o ambiente recebe, além da iluminação artificial; a natural. Além desse closet, idealizamos um outro local dentro do espaço de home office, para que o casal usufrua de ambientes diferenciados. A cabeceira da suíte tem papel de parede com espelhos nas laterais, e os criados-mudos foram desenhados pela arquiteta são fixados na parede, não encostando no chão para facilitar a higienização, sendo a iluminação feita através de dois pendentes. O Papel de parede e as persianas são da Decoratta Interiores.

O banheiro ganhou piso e porcelanato mais escuros, e na parede optou-se por porcelanato da PortobelloShop marmorizado e polido. Para que o banheiro ganhasse espaço, a bancada foi feita com o mesmo porcelanato usado nas paredes e cuba esculpida. Os misturadores de mesa e a bacia são da Deca.

Sobre Adriana Canova Arquitetura – Há mais de 20 anos no mercado de arquitetura, o escritório da arquiteta e urbanista Adriana Canova, localizado em Jundiaí, é especializado em projetos residenciais e comerciais. Referência no planejamento e coordenação de obras, a marca já esteve à frente da execução em mais de 200 projetos em todo o estado de São Paulo.

www.adrianacanova.com.br