11/01/2018 — Texto: Daniela Müller | Fotos: Marcelo Donadussi

O aconchego do piso parquê e os tijolos de demolição compõem o conceito atemporal

O apartamento de 59m² foi projetado pela K+S Arquitetos Associados para um jovem solteiro que estava de saída da casa dos pais. A principal necessidade era morar em um ambiente convidativo para receber os amigos, amante da boa culinária e de cervejas artesanais o morador queria algo que imprimisse sua personalidade e se mantivesse atemporal.

A planta com dois dormitórios foi mantida pela necessidade de um quarto para visitas, que são frequentes. A principal demanda foi a troca de alguns revestimentos, como o piso da cozinha, que era existente, por um porcelanato com aparência de concreto e a instalação do parquet em toda a área social e íntima, e a parede tijolos de demolição instalada divisa da cozinha e do living.

A marcenaria foi pensada para o melhor aproveitamento do espaço, que é reduzido. Abaixo da janela do living foi feito um banco com gavetas e baú para armazenar objetos. “Na suíte criamos armários aéreos que tem boa capacidade de armazenamento’’, afirma o arquiteto Ivo Kieling.

As cores neutras predominam, especialmente o cinza e o preto. Texturas de madeira e concreto se fazem presentes e se complementam, trazendo aconchego. Para as luminárias, foram utilizados perfilados metálicos galvanizados e spots cênicos, além de tartarugas metálicas e pendentes em concreto.