24/10/2016 — Texto: Sandro Prezotto | Fotos: Gi Molina

Ambientes sociais integrados e práticos para o dia a dia.

Planejar uma casa térrea com ambientes integrados, misturando o rústico com o moderno, que proporcionam mais iluminação e facilidade de manutenção. Estas foram as principais diretrizes do projeto de construção desenvolvido pela arquiteta Leticia Spalluto para a residência de um casal, que adora receber a família e os amigos e interagir com eles, mas precisa de praticidade no dia a dia.

“O maior desejo dos moradores era ter uma casa aconchegante, prática, com integração de ambientes. O maior desafio foi projetá-la térrea em um terreno irregular, em aclive”, contou Leticia.

O projeto começou pelo conjunto criado pela sala de estar, jantar, cozinha e lazer, o coração da casa, como denominou a arquiteta. “A partir daí, os ambientes funcionais foram sendo distribuídos”.

Com vários espaços integrados harmonicamente, a área social é o grande destaque. “Sabíamos que ali era onde tudo aconteceria. As pessoas podem realizar diversas atividades ao mesmo tempo, mas estarão sempre juntas. Esse era o objetivo. Ainda temos a sensação de que o jardim está dentro da casa. Da janela da cozinha é possível se inspirar com as ervas da horta vertical e colher hortelã, pimentas…”.

No espaço de lazer, formado por gourmet e piscina, a ideia era trazer um pouco das características dos ambientes de boteco para a casa. “Começamos pela escolha do piso, um porcelanato que imita ladrilho hidráulico. Uma opção que garante o aspecto de antigo, mas com a praticidade do porcelanato”.

Elementos rústicos, sinônimo de aconchego, convivem perfeitamente com peças modernas. “Dou muito valor às peças que contam sua história pelo desenho, pelo desgaste e pelo uso que já tiveram. Acho importante renovar esse uso, às vezes até de forma inusitada. A bancada de marceneiro se tornou uma ótima opção como aparador para alguns vasos de flores no jardim. No banheiro do espaço de lazer, o espelho foi criado a partir de uma antiga porta”.

Letícia conta que muitas das peças são presentes de família e, durante a decoração, foram conquistando seu espaço. “O tijolo de demolição é muito versátil e está constantemente presente em meus projetos. Seja como parede ou em algum detalhe de revestimento”.

Com muita luminosidade natural, a casa precisava de cor. “Acho importante decorar aos poucos, pois a casa vai ganhando personalidade própria. Os itens rústicos auxiliam na composição de ambientes mais despojados, onde as pessoas podem ficar mais à vontade”.


Letícia Spalluto Barros

Letícia Spalluto Barros

Arquiteta – CAU: A25401-0

15 3521.1257

[email protected]