29/09/2017 — Texto: dc33 Comunicação | Fotos: Luis Gomes

Arquiteto Bruno Moraes compartilha dicas para renovar a casa da cozinha ao jardim sem pesar no bolso.

Quem não sonha em morar em uma casa bonita e agradável? Porém, muitas vezes o sonho acaba sendo adiado por conta do orçamento apertado. A boa notícia é que, com ideias criativas, recursos facilmente aplicáveis e soluções mais acessíveis, é possível sim ter um lar cheio de estilo e, mais, que seja útil e atenda às necessidades dos moradores.

O arquiteto Bruno Moraes, do escritório Bruno Moraes Arquitetura & Interiores, garante que é possível lançar mão de recursos que vão além da estética e alcançam a funcionalidade sem pesar no bolso. “É importante pensar na função que o décor tem na vida do cliente, para além da beleza, as soluções devem facilitar a rotina”, defende.

Abaixo, Bruno apresenta soluções incríveis para renovar a morada:

Cozinha

  • Em folha de madeira freijó, a prateleira instalada acima da pia da cozinha é uma ótima opção de apoio para os temperos. Neste projeto, o arquiteto fixou a peça com pinos invisíveis ao em vez da mão francesa. O resultado é um efeito visual limpo e mais leve;
  • A prateleira também recebeu quadros. Neste caso, a dica é escolher cores e imagens que contrastem com o revestimento de fundo e que, ao mesmo tempo, o tema do quadro converse com o estilo do ambiente.

Home Office

  • Em apartamentos compactos, onde os ambientes são todos integrados, a dica é não criar um canto descolado do contexto da residência. Neste projeto, Bruno usou um móvel único com várias funções: de rack para a TV e, na sequência, a função de home Office;
  • Outra sugestão é customizar o espaço de acordo com a função. O arquiteto fixou na parede da área do escritório uma trama metálica, na cor cobre, que tem tanto a função de deixar lembretes das atividades do dia a dia do trabalho como expor imagens e gravuras para decorar a sala. Solução rápida, barata e funcional.

Jardim

  • Buscando criar uma fuga do ambiente urbano, vale pensar em uma parede verde com temperos que podem ser colhidos frescos para uso dos moradores. Neste projeto, o arquiteto usou pregos nas ripas de madeira para poder pendurar os pequenos vasos.

Quarto

  • Pintar uma das paredes ou apenas uma pequena parte da dela com tinta lousa garante um mural barato e divertido para recados e desenhos.
  • Para quem tem pouco espaço, também vale improvisar nos móveis. Banquetas e pufes podem ser usados como criados-mudos, por exemplo.

www.brunomoraesarquitetura.com.br