13/09/2021 — Texto: a4&holofote comunicação | Fotos: Ilana Bessler

Debruçado sobre o Parque Ibirapuera, em São Paulo, o projeto assinado por Sig Bergamin e Murilo Lomas esbanja cores, estampas, volumes e texturas numa vibe maximalista da qual a moradora Silvia Braz se orgulha muito

Capa da edição de setembro de Casa Vogue, Silvia Braznão é aquela mulher do pretinho básico”, como atesta Sig Bergamin. Muito mais do que desvendar o estilo da comunicadora e influenciadora digital, o arquiteto soube entender seu lifestyle e os hábitos do clã repleto de garotas. Ao lado de Murilo Lomas, ele assina o projeto do apartamento em São Paulo que Silvia compartilha com as filhas Maria Vitória, Maria Antônia e Maria Isabela.

A sinergia entre cliente e profissionais foi enorme. “O Sig tem uma linguagem muito poética de ver o mundo e de traduzir isso na decoração. Sinto que vibramos na mesma frequência a partir do momento em que ele aplica volumes, texturas, cores e estampas sem medo, e eu sou assim na vida, no meu trabalho com a moda, na forma de me expressar”, analisa Silvia.

Encontrar o imóvel ideal, no entanto, não foi tão simples. O match perfeito se deu após quase um ano de procura em um prédio recém-finalizado com um panorama arrebatador do Parque Ibirapuera. Algumas mudanças estruturais se impuseram a fim de acomodar quatro suítes, um closet generoso para a influenciadora e toda essa movimentação de gente. Como objetivo de incrementar a área social, um corredor transformou-se em bar, alçado a ponto de atração.

O dia a dia dinâmico pediu uma decoração à altura. Por isso, os móveis estão soltos, longe das paredes, e podem se mover de acordo coma vontade das moradoras e dos convidados. Esse jeito flexível se reflete na maneira como Silvia e a família utilizam os espaços. Por ali, rigidez não tem vez. “Não vejo sentido em uma decoração mínima, com tudo no lugar o tempo todo. Nós somos maximalistas desde o nascimento, uma explosão de gente falando, comendo, declamando poesia”, diz.

Tamanha animação se traduz em cada cômodo dos 350 m² por meio de papéis de parede ousados, mobiliário sob medida e obras de arte escolhidas a dedo. A satisfação com o resultado transparece nos stories e postagens que ela publica em seu perfil no Instagram, e pode ser conferida em detalhes na reportagem de Casa Vogue, edição de setembro, já nas bancas.

Casa Vogue Smart

E para quem também quer montar um closet dos sonhos, Casa Vogue lançou Smart, espaço dedicado à dicas práticas e essenciais para todos os bolsos e gostos, com a curadoria da equipe da publicação – reconhecida por seu rigor e gosto refinado. Com projetos práticos, criativos e acessíveis, o novo canal digital da revista democratiza o acesso à arquitetura e ao design. Acesse https://casavogue.globo.com/Smart/ e confira.