03/08/2018 — Texto: Casual Comunicação | Fotos: Antonio Schumacher

A profissional transformou essa residência com 740 m² no bairro Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro em uma charmosa morada com ares de veraneio.

Localizado em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca, o projeto de arquitetura assinado por Denise Fernandes é a casa de uma família com filhos adolescentes que curtem muito receber os amigos e aproveitar cada espaço da casa durante os momentos de folga.

Na área interna da casa Denise ampliou a estrutura dos dois pavimentos para as laterais para obter suítes maiores e ainda repaginou a escada do projeto original para se encaixar perfeitamente na proposta aprovada pelos proprietários.

“O principal desafio desse projeto foi estrutural, pois a confecção da escada teria que ser precisa para se tornar uma escultura dentro do living”, conta Denise Fernandes.

A casa é uma verdadeira obra de arte desde a entrada até os cômodos da residência. No hall uma chamativa porta social vermelha com pivô central é o abre alas dessa execução de luxo, que favorece a receptividade dos convidados sem se tornar um estorvo.

Adentrando a mansão, o impacto visual está na escada escultural que compõe o living. Já na sala de jantar o destaque vai para a mesa de tom vermelho que ganha como cenário o jardim vertical no muro externo.

“Esse jardim é uma solução para dar luz e alegria ao ambiente. A beleza natural é uma opção para não escurecer a casa e ainda abrilhantar o plano de fundo”, pontua a arquiteta.

No segundo andar desse domicílio está a sala de home theater que possui um detalhado trabalho de marcenaria de design autoral para abrigar a TV de 90 polegadas.

O lavabo conta com efeito de iluminação e ambientação pautada no vermelho, assim como o restante da residência.

A sala intima é integrada com a mini copa e suítes, porém um painel em marcenaria laqueada camufla as portas para os respectivos cômodos.

Para finalizar, a arquiteta justifica o uso do vermelho em toda a decoração.

“Com o objetivo de promover a surpresa e direcionamento de olhares, o vermelho foi a cor escolhida para pincelar os detalhes dessa morada e os tons terrosos para complementar a palheta desse projeto”, finaliza Denise.

www.denisefernandes.com.br