02/05/2021 — Texto: dc33 Comunicação | Fotos: Henrique Ribeiro

Projeto propicia amplitude ao apto de 85m², ressalta uma paleta de tons claros e a madeira, com décor elegante e boa integração de ambientes

Um projeto com décor elegante, base neutra, presença do amadeirado em diferentes formas e pautado na integração de ambientes: esse foi o cenário do projeto executado pelas profissionais – a designer de interiores Roberta Saes e a arquiteta Flávia Nobre – da Meet Arquitetura. Lar de um jovem casal com um filho super fofo, o apartamento de 85m² exalta um décor moderno, elegante e o aproveitamento milimétrico que agregou abrangência à planta baixa.

Logo na entrada, a sala de estar é avistada. Os tons claros marcam presença na escolha do sofá de dois lugares, rack, tapete e a cortina que percorre a parede que se estende para o outro ambiente que antecede o acesso à varanda. Na área da TV, o painel ripado de madeira foi eleito para completar a sensação de aconchego idealizada para os momentos em família. “Criamos uma ambiência de muita leveza”, relata Flávia.

Na varanda gourmet, um layout muito bem otimizado proporciona o prazer de preparar um almoço especial no final de semana. Ao lado da churrasqueira, devidamente acompanhada pelo duto para que os odores não percorram os demais ambientes do imóvel, bem como os aptos vizinhos, a dupla da Meet Arquitetura ainda incluiu uma bancada e armários que acomodam os itens utilizados durante o churrasco.

No décor elegante, mais uma vez a madeira marca presença no ripado que reveste os armários e oculta a exaustão. Inspiradas no clima campestre, o acabamento rústico da mesa de madeira retangular segue a premissa do ‘sempre cabe mais um’. A solução concentrou-se na combinação entre as cadeiras pretas e o banco de madeira posicionado de costas para o fechamento de vidro da sacada. “O bacana é que, além de comportar mais pessoas no entorno da mesa, conseguimos otimizar a varanda com um espaço maior de circulação”, detalha Roberta. Na ponta, a bancada em madeira clara serve de apoio para dispor pratos, copos e suporte para servir. Para o conforto pleno, as persianas rolo filtram o excesso de luz e deixam o ambiente com aquele ar gostoso de fim de semana.

Ainda foi possível conceber um cantinho de relaxamento e contemplação na varanda. O banco embutido é acompanhado pelas almofadas estampadas e uma deliciosa manta de crochê traz aquele toque de bem-estar. Sabendo que cada resolução conta bastante para uma planta menor, a condensadora que alimenta o ar-condicionado foi discretamente abrigada pelo ripado discreto que deu vida a um pequeno balcão para dispor o barzinho.

Embora pequena, a cozinha com ilha desfruta de uma marcenaria bem distribuída e que contribui para um visual organizado e prático. Para isso, eletrodomésticos embutidos, armários e amplos gavetões fizeram toda a diferença. De acordo com a designer de interiores Roberta Saes, independente da área disponível, o mais importante é pensar em uma divisão estratégica das áreas. Na decoração, o frontão da pia revela o mix entre o revestimento 3D e a delicadeza da fita de LED embutida no nicho aberto e em ‘L’.

Na suíte do casal, os tons claros com toques de cinza propiciam tranquilidade e relaxamento para a hora do sono. Segundo a arquiteta Flávia, as almofadas em facto presentes na cabeceira foram combinadas com as laterais espelhadas. Além do visual sofisticado, essa fusão ainda contribuiu para aumentar o cômodo. Na outra ponta, o painel cinza cumpre dupla função: junto com a missão de acomodar a TV, delimita a execução do closet, que dispõe dos armários fechados e uma espécie de “vitrine” para armazenar perfumes, cremes e relógios. Com as portas de vidro, uma visão completa da área interna.

No dormitório do menino que ama super-heróis, a estrutura foi pensada para acompanhar todo o seu crescimento. Próximo a cama, foi projetado um espaço essencial, principalmente para os dias de hoje: a escrivaninha para a lição de casa e as aulas online. “Utilizamos os nichos de madeira para receber a pequena coleção de bonecos do pequeno. Porém, caso ele queira mudar a decoração quando crescer, o mesmo espaço poderá ser preenchido pelos novos objetos”, lembra Flávia.

Mais informações? Visite o Instagram @meet.arquitetura