02/11/2020 — Texto: dc33 Comunicação | Fotos: Luis Gomes

A varanda deixou de ser uma área para abrigar plantas ou apreciar a vista do bairro. Com os ambientes integrados, ela passa a ser o 'novo living'

Adeptos à tendência que propicia mais espaço para convivência, os arquitetos Renato Andrade e Erika Mello, do escritório Andrade & Mello Arquitetura dão as dicas sobre como transformar sua varanda para conectar ambientes, respeitando as características de cada um.

Defina o que deseja

Existe a possibilidade de criar uma varanda como área gourmet, ambientação para descanso, home office, uma área para leitura, um bar… e tantas outras possibilidades!

Feita a escolha, parte-se para a análise do espaço disponível, as alterações/adaptações que devem ser efetuadas para dar a nova roupagem para a varanda, e ao mesmo tempo, conectar com o outro ambiente.

Atente-se com a segurança e regras do condomínio

Uma coisa importante para toda extensão de varandas é o fechamento do vidro. “É uma comodidade sem igual. Além disso, contribui para que os móveis e objetos de decoração não sofram com as intempéries climáticas”, observa Renato.

Além disso, aplicar uma telar solar ou película de vidro para criar uma proteção adicional figura-se como uma excelente opção, entretanto, há uma ressalva: antes de instalar o vidro no perímetro da sacada, consulte as regras do condomínio por duas questões essenciais. Primeiramente, para constar que o edifício foi calculado para suportar a carga do vidro em todos os apartamentos e, como segundo ponto, para seguir a definição do modelo, tamanho e largura, com vistas à padronização da fachada. “E pensando na abertura, sempre consideramos o descerramento do vidro em um lado livre de móveis”, detalha o arquiteto.

Abuse das plantas

Para manter o ambiente agradável e arejado, espécies de plantas bem selecionadas se configuram como parte da decoração, além de conceder o entusiasmo e o frescor da convivência com o natural. “Vasos com flores também são super bem-vindos”, detalha Erika.

 

Quer mais informações? Acesse www.andrademelloarquitetura.com.br