24/08/2020 — Texto: Assessoria | Fotos: Sergio hIsrael 

A arquiteta Patricia Penna investiu em elementos sofisticados que garantiram a sensação de fluidez e amplitude, ao mesmo tempo que primou pelo cuidado de compor o décor com peças proporcionais, evitando o exagero de móveis

A arquiteta Patricia Penna, à frente do escritório Patricia Penna Arquitetura & Design, assina o projeto de arquitetura de interiores de uma casa com 1800m² localizada no interior de São Paulo. Com ambientes bastante amplos, o pedido dos moradores foi por um décor que mantivesse a sensação de fluidez e sem excesso de mobiliários.

Para tanto, o primeiro passo foi trabalhar com um layout que considerasse móveis de dimensões proporcionais aos ambientes. “Focamos na seleção de peças com escala proporcional e com uma estética sofisticada para a residência que, por sua vez, já chama a atenção por conta de sua arquitetura”, destaca a arquiteta.

Um dos desafios encontrados pelo escritório foi a existência de portas convencionais em uma área bastante importante do setor social, que criavam um ruído visual indesejado. A mimetização delas, na parede, foi a solução. Grandes portas de vidro (Cinex) foram instaladas no home office e home theater, bem como na passagem da área gourmet e cozinha. A porta do lavabo ficou quase imperceptível no grande painel de madeira – o mesmo aplicado no pavimento superior e que “esconde” o acesso ao setor íntimo, assim como um indesejado vão da copa íntima.

O projeto tem alguns pontos de destaque, como a escada de acesso ao pavimento superior, que foi reposicionada e completamente remodelada pela equipe do escritório de Patricia Penna. Revestida em mármore Calacata e com guarda-corpos em vidro, ela fica em evidência no grande living. Na equação da escolha dos acabamentos, a madeira é o contraponto quente e acolhedor aos demais revestimentos de toque frios e tonalidades claras. O resultado é moderno, atemporal e elegante.

Sofisticação sob medida define a sala de estar, que recebeu espaçosos sofás, poltronas e uma combinação de quatro grandes mesas de centro, tudo da Artefacto. Nos estofados, tecidos como seda dupion, algodão e linho, possuem um design que dialoga com a arquitetura contemporânea da casa.

Ainda no setor social, a sala de jantar é minimalista. O tom claro das portas Cinex e dos revestimentos do piso fazem um contraste com a paleta escura dos painéis de madeira Ornare. A mesa em lâmina natural de madeira é composta por 14 cadeiras de cor oliva.

A sala íntima, no segundo andar (family room) é puro conforto! O sofá, com profundidade maior, ainda conta com duas chaises nas extremidades. Ao fundo, a grande estante com acabamento em gofrato café cria uma pequena área de escritório, perfeita para atividades mais informais e em conjunto!

No lavabo, os destaques são a divisória em Silestone, recortada com jato d’água, e o marcante mármore “Tiger Wood”, escolhido para a bancada e a cuba, além do piso e rodapé.

Na área de lazer, o espaço gourmet é perfeito para reunir familiares e convidados. Na generosa e bem equipada cozinha, o destaque está na bancada em quartzito. Na região dos sofás, os coloridos acabamentos são um charme a parte.

Na suíte máster, a primorosa saleta acolhe os moradores em um universo particular. Seja em momentos de leitura ou em descontraídas conversas entre o casal, o sofá e as poltronas da Artefacto são uma ode à descompressão.

O banheiro máster é digno de apreciação. O mármore Calacata Gold reveste o piso e as paredes da completa sala de banhos, reforçando a sensação de estar em um refinado hotel.

Seguindo as preferências do jovem morador, a suíte júnior revela-se mais que um ambiente para dormir. De frente à cama com inspiração oriental, uma completa infraestrutura de home theater. Nos acabamentos, as lâminas naturais de madeira nos painéis e peças do mobiliário, ficam lado a lado com as pinturas gofrato. A iluminação, ora difusa ora pontual, servem às diversas funções do ambiente.

 

Para saber mais, acesse: www.patriciapenna.arq.br