13/10/2020 — Texto: Marcelo Guidine | Fotos: Juliano Colodeti

Múltiplo e Singular. Identidade, personalidade e estilo únicos. Carioca cosmopolita

Um projeto de  reforma e decoração, desenvolvido e coordenado pela designer de interiores Roberta Devisate, envolveu todos os cômodos deste apartamento localizado na Avenida Vieira Souto (Praia de Ipanema), na Zona Sul do Rio de Janeiro. O projeto incluiu automação total, trocas de elétrica e hidráulica, transformação de quatro quartos em três suítes,  cozinha que abriu-se para a sala, integrando-se totalmente com a sala de jantar, onde o morador interage com os convidados e tem tudo à mão, com praticidade e conforto e, o mais impactante: a construção de uma sauna na sala, camuflada por painéis de madeira com padrão em grid, com vista para o mar! Ela é, sem dúvida, a estrela do setor social!

O apartamento reúne o que há de mais atual no segmento de design de interiores, contemplando uma curadoria de arte digna de grandes galerias. O proprietário, colecionador de arte contemporânea e amante de viagens e vinhos, forneceu as primeiras coordenadas, descrevendo suas preferências por tons mais escuros e ambientes amplos. Assim, a base sóbria surge elegantemente enriquecida por peças de design. A valorização da luminosidade natural é percebida através da integração de ambientes e presença de elementos como vidros telados, cobogós de concreto e grids em madeira. Sua composição carrega um repertório maduro, que transcende modismos e é capaz de captar toda a essência urbana cosmopolita – expressa com muita clareza nas linhas retas, volumes bem definidos e elementos atemporais.

Quanto à paleta de cores da decoração: o setor social recebeu uma base neutra composta por cinzas, beges, preto e chocolate. Pontos de cor aparecem em móveis, acessórios, tapetes e objetos: do vermelho cereja ao carbono, passando pelo laranja e azul cobalto.

A suí­te master recebeu um ousado amarelo: cor que potencializa a criatividade e a comunicação. Funcionou como um fundo vibrante para a composição mais sóbria onde estão dispostas algumas telas de artistas jovens, o mobiliário assinado escolhido a dedo e um bom acervo de livros e objetos. Aqui, a marcenaria foi integralmente detalhada pela designer Roberta Devisate, em painéis e móveis desenhados com traços limpos e forte influência dos muxarabis: elementos vazados que separam visualmente sem vedar espaços. Nas outras duas suítes, a marcenaria é versátil e simples, executada em tons neutros de cinza e preto em uma delas; já na outra em tons de cinza e azul.

Outro recurso muito utilizado foi o vidro canelado em estruturas metálicas pretas, muito comuns nos anos 70, que ressurgem como um elemento bastante versátil, funcionando como um ótimo recurso para proteger sem bloquear o visual.

“É gratificante assinar um novo trabalho para este cliente, primeiro porque mais uma vez superamos as expectativas e vê-lo realizado é extremamente valioso para mim. Segundo, pois graças ao convite dele retornei às atividades após um período sabático com profundas mudanças profissionais, lançando, através deste projeto-piloto, minha nova marca:  progetto.DOC”, acrescenta Roberta.