04/07/2018 — Texto: Cobogó Relações Públicas | Fotos: Alessandro Guimarães

A sede de uma financeira que ganhou atmosfera de open office.

A Open VC é uma financeira de perfil jovem e localizada na Vila Madalena, em São Paulo. O desafio do escritório TRIA Arquitetura, que tem à frente as arquitetas Marina Cardoso de Almeida e Sarah Bonanno, para esse projeto, foi o de levar uma atmosfera de open office para o espaço corporativo, respeitando privacidade, integração e a identidade do escritório.

As diretrizes do cliente eram três: obra rápida, de low budget e que contemplasse cores neutras para o interior. Tendo isto, as arquitetas escolheram cores apenas para locais pontuais e introduziram plantas naturais para criar um clima aconchegante de trabalho.

Com a premissa de ter um perfil de loft, o projeto foi elaborado de maneira que os ambientes segregados ficassem no andar de cima. Assim, conseguiram deixar o 1º andar todo integrado através de uma estante metálica vazada, proporcionando ao cliente uma visão integral do espaço. Essa estante funciona como um percurso e une os dois andares uma vez que vence o pé-direito duplo, permitindo integração e privacidade aos colaboradores.

Com essa integração, as arquitetas viram a necessidade de incluir um phonebooth para ligações privadas ou para momentos de concentração. Utilizaram um tecido especial em todas as paredes e forro para garantir a perfeita acústica.

Na área do staff, foi desenhada uma bancada sob medida em marcenaria para otimizar o espaço e estações de trabalho e também para fugir da disposição de um funcionário em frente ao outro, evitando a monotonia e permitindo uma conversa.

Para ampliar o ambiente, a escada preta foi pintada de branco com o objetivo de camuflá-la no espaço e também foi utilizado o mesmo acabamento de cimento em todos os pilares para criar uma unidade.

O mobiliário tem um papel importante na composição estética do ambiente. As estações de trabalho em chanfro, além de romperem a configuração padrão, também dão um novo ritmo à concepção do layout.

Além disso, o armário que guarda os itens de escritório dispensa o uso de puxadores por causa de seu sistema fecho-toque. Essa solução traz um novo significado às portas que passam a compor o desenho de um painel.

A estrutura da estante metálica é totalmente modular, o que favorece a rapidez na produção e montagem. Os nichos quadrados que a compõe não só guardam e expõem objetos, como também recebem muitas plantas.

A intersecção do verde quebra o desenho linear da estante, trazendo volume, vida e cor ao ambiente. Além disso, os tons neutros permitem que os grandes caixilhos de vidro revelem a paisagem do bairro, harmonizando interior e exterior.

www.triaarquitetura.com.br