17/11/2020 — Texto: Henrique Brígido | Fotos: Aurora Pereira e Henrique Brígido

Um apartamento compacto com uma linguagem jovem e contemporânea, com boa consultoria de mobiliário, espaços fluidos e descomplicados.

O responsável pelo projeto e obra de renovação deste apartamento de 62m² em Osasco-SP é Henrique Brígido Arquitetura, que tem escritório em Higienópolis, São Paulo. “Projetamos este apartamento compacto para uma cliente que mora sozinha, mas que sempre recebe filhos e netos. Apesar da maturidade dos anos vividos, desde o princípio, ela deixou claro que gostaria de renovação em uma linguagem jovem e contemporânea, com boa curadoria de mobiliário, espaços fluidos e descomplicados.”

“Com o conceito extraído já nas primeiras conversas, o primeiro partido foi a integração espacial: o que antes era dividido em sala, cozinha e varanda foi transformado em área social, apenas com uma parede recoberta por marcenaria sendo usada como apoio e organizador dos ambientes”, completa o arquiteto.

A marcenaria foi desenhada com viés minimalista, na cor cinza e com puxadores em cava, para sumir com todo o aparato técnico de funcionamento do apartamento. O uso de tons fortes de azul e laranja contrastando trazem dinâmica e jovialidade ao apartamento.

O layout foi organizado a fim de não parecer um apartamento compacto, utilizando-se de mobiliários mais robustos e confortáveis. A atmosfera do Estar é estabelecida pelo sofá com quase três metros de comprimento e pela poltrona Moleca, design de Sérgio Rodrigues, apoiados pela mesa de centro, com desenho do escritório, tapete Punto e Filo personalizado, e por mesa de apoio e cadeira Windsor do designer Jader Almeida para Sollos.

A mesa de jantar redonda e cadeiras em madeira, palha e linho laranja, também de Jader Almeida, são o convite para refeições e reuniões em família com filhos e netos. O painel em espelho grafite recobrindo a parede é responsável pela sofisticação do espaço e pelo truque de ampliação e continuidade visual.

Para a suíte, os tons de rosa chá na cabeceira em gomos acolchoada e nude nos apoios evocam uma atmosfera confortável, táctil, leve e feminina. As luminárias com design de Cristiana Bertolucci para Labluz e a obra em canvas são o arremate na delicadeza do espaço. A produção da cama traz textura e ares divertidos.

Já os banheiros seguem a mesma linha de projeto: são espaços claros e bem iluminados, com o uso de revestimento branco nas paredes e concreto no piso, como no restante da residência. Os metais pretos e a madeira freijó nos gabinetes são o toque de contemporaneidade desses espaços.

O quarto de hóspedes foi inspirado em hotéis despojados, através da iluminação difusa, do contraste e complementação de cores e materiais. A obra preta e branca, instalada assimetricamente no painel em freijó, confere dramaticidade ao espaço.

Para conhecer outros projetos do arquiteto Henrique Brígido, visite seu instagram @hbarquitetura_