06/11/2017 — Texto: Bruna Cancellara | Fotos: Daniel Lee

O apartamento de 60m², localizado em Higienópolis, região central de São Paulo, projetado pelo escritório MNBR Arquitetos, foi transformado para receber um jovem solteiro de 31 anos.

Uma das principais metas do projeto era criar uma interação entre as áreas sociais da casa, como a cozinha e home theater, tornando o espaço maior e adequado ao estilo de vida do cliente.

Originalmente com dois dormitórios, sendo um a suíte, o segundo quarto deu lugar a um escritório confortável, que se incorporou à sala, tornando, assim, a área privada totalmente isolada do resto da casa.

Amante de esportes, principalmente o futebol, o cliente revelou duas principais diretrizes que não poderiam faltar em seu apartamento: uma sala com uma televisão grande e um sofá confortável. O layout surgiu a partir deste cômodo, onde o escritório criou a marcenaria exclusiva para o home theater, com triângulos cheios e vazios em tons de cinza, que valorizaram e deram um desenho diferente ao espaço. Essa é uma preocupação recorrente do escritório, trazer exclusividade e usos mais adequados aos espaços com o auxílio da marcenaria.

O orçamento baixo também foi determinante para a elaboração de um layout moderno, além do uso de materiais rústicos, como cimento queimado no piso e fórmica na marcenaria. A folha natural de madeira freijó trouxe sofisticação ao local, dando um ar masculino ao ser combinada com a cor preta e os tons de cinza das fórmicas, o que aqueceu o ambiente.

A iluminação tem uma extrema importância nessa ideia de integração dos espaços. Ao criar uma sanca preta com trilhos de baixo custo, formou-se um desenho único, que percorre o apartamento todo, deixando a sensação de continuidade dos espaços.

Na suíte, o escritório usou formica no tom de verde, cor preferida do cliente, já que seu time de coração é o Palmeiras. Uma parte do antigo quarto, no qual agora é o escritório, os arquitetos criaram um guarda roupa voltado para dentro da suíte do cliente.

Os banheiros não foram mexidos, permitindo um investimento maior nos pontos certos da marcenaria e da decoração. Além disso, as peças de design pouco marcantes fizeram com que a marcenaria da cozinha e da sala de TV fossem o ponto principal e de maior importância no projeto.

www.mnbrarquitetos.com