13/03/2020 — Texto: Sofia Mayer | Fotos: Lio Simas

A composição do espaço garantiu funcionalidade, conexões de ambientes e predomínio de linhas contemporâneas

A metragem de apenas 96m² do apartamento de Florianópolis foi suficiente para que o escritório Espaço do Traço Arquitetura, criasse um projeto de interiores que resgatasse as viagens que os clientes tanto gostam de fazer.

Em meio à contemporaneidade do living, os olhares são direcionados às recordações das diferentes regiões e países que pai e filha visitaram juntos: seguindo fielmente o projeto proposto pelas arquitetas, as únicas exigências dos proprietários foram os quadros com fotos de viagens e o espaço para acomodar lembranças no móvel da TV. Já os espelhos, estrategicamente inseridos, ampliam e contribuem para um clima leve e atemporal.

Além de práticas e resistentes, a mesinha e bandeja de couro, no centro da sala, dão o tom despojado do apartamento. Para manter o apartamento limpo por mais tempo, os clientes gostam de circular sem calçados, por isso, a sapateira no living foi a opção adotada para complementar o décor, apresentando cores e materiais que se juntam ao painel de MDF.

No primeiro briefing do projeto, o painel com mapa-múndi já aparecia decorando a sala de jantar. A proposta foi tão boa que permaneceu na execução da obra e, agora, é um dos queridinhos da residência. Agindo como elemento unificador, o painel em MDF ganha destaque no projeto de interiores por contornar as paredes.

Considerado o ambiente principal do apartamento, os clientes queriam uma cozinha onde os tons escuros orientassem a composição. Para contrastar com a pedra, que vai da bancada até o aéreo, as arquitetas investiram na marcenaria mais clara, em MDF, que aqueceu o ambiente.

O espaço do corredor virou home office e, numa composição de luzes e materiais aconchegantes, acabou servindo também como mini biblioteca, com espaços separados para pai e filha. Aqui, a tendência dos espelhos continua em cena, ampliando o espaço do escritório.

A adolescente já tinha em mente toda a paleta de cores que queria para seu quarto. Misturando tons de rosa e verde numa base clean, as arquitetas seguiram suas orientações e garantiram uma estética harmoniosa e ousada, que inspira a jovem a criar. Sem nenhuma alteração desde a primeira proposta, o projeto logo foi o match perfeito: teve penteadeira iluminada, prateleiras, nichos e roupeiro com portas espelhadas, aumentando a sensação de amplitude.

A mesma tonalidade marca presença no banheiro, assegurando uma sensação de continuidade aconchegante, característica presente em todo o apartamento. Aqui, os nichos também aparecem para otimizar o espaço do cômodo.

A única exigência para a suíte master foi a presença da foto, tirada pelo próprio cliente, acima da cama. Os tons de azul e branco da paleta serviram de inspiração para compor todo o quarto, que mais parece uma extensão do quadro.

Pensando em ampliar o espaço, as arquitetas separaram o closet com uma bancada mais baixa, aumentando a integração das áreas e permitindo maior circulação de luz de ar.

Para saber mais, acesse: www.espacodotraco.com.br