10/07/2019 — Texto: Lara Savana | Fotos: Natalia Artaxo

O apartamento estúdio foi idealizado e decorado de forma que fugisse do padrão e ficasse totalmente pronto para uma possível locação ou venda

O projeto é assinado pelo Studio 92 Arquitetura, que sempre é desafiado com a execução de projetos ousados. Neste caso, o apartamento estúdio com 37m² localizado na região da Vila Mariana, em São Paulo, foi adquirido por um investidor que contratou o estúdio para reformar e decorar o local para venda ou locação.

O grande desafio da obra foi adaptar um estilo que fosse neutro, mas ao mesmo tempo, que tivesse uma identidade única para fugir da ideia de decorados padrão, deixando o espaço mais jovem e moderno.

Por ser pequeno, o escritório se preocupou com o máximo de aproveitamento de espaço e assim integrou-se em um único ambiente cozinha e sala, cuja parede que fazia a divisória foi derrubada e a varanda foi transformada no estar.

Foram utilizadas cores e texturas neutras, abusando ao máximo dos tons amadeirados e branco, trazendo mais identidade nas cores. Uma das principais paredes do apartamento foi pintada em um tom de azul bem escuro, buscando manter o ar neutro, compondo com tijolinhos brancos rústicos, o que criou uma identidade ainda mais forte e jovial.

Toda marcenaria do apartamento foi pensada na funcionalidade e assim criou-se uma ilha para apoio extra entre a cozinha e a sala de jantar. Na parte inferior da ilha há mais armários e gavetas, além de um nicho lateral amadeirado que apoia a decoração da sala de estar.

Na sala de jantar foi projetado um banco baú para ganhar mais espaço de armazenamento e uma estante com prateleiras instaladas em alturas diferentes para dar suporte aos variados tipos de objetos de decoração. As artes escolhidas para montar a composição da estante são atemporais e bem expressivas.

A marcenaria da sala de estar esconde seus múltiplos usos: atrás do sofá existe um painel com aplicação de cimento queimado que foi projetado para esconder a condensadora do ar condicionado e serve também como uma área de armazenamento. A ventilação necessária para a condensadora é feita por meio das aberturas ripadas (inferiores e superiores). No móvel onde a televisão foi instalada há nichos e portas de diversos tamanhos e atrás dele, fica o aquecedor e nas duas portas abaixo da tv, projetou-se espaço para instalar uma lava-e-seca.

No dormitório, foi aproveitado ao máximo de espaço com armário na parede lateral
e um maleiro acima da cama que é box baú. Para não comprometer a circulação limitada do ambiente, foi criado um painel com prateleira superior para acomodar todos os aparelhos necessários.

Para saber mais, acesse: www.instagram.com/studio_92arquitetura