25/06/2019 — Texto: Lara Savana | Fotos: João Paulo Oliveira

Otimização dos espaços e muito verde dentro de casa: esses foram os principais pedidos da moradora

Para aproveitar e otimizar a enxuta área de 35 m², a arquiteta Flávia Campos optou por não deixar paredes dividindo a cozinha, lavanderia, sala e varanda. Desse modo, ela conseguiu manter uma melhor circulação no espaço.

A marcenaria do apartamento localizado no bairro do Brooklin, em São Paulo, foi toda planejada. Isso permitiu ganhar espaço de armazenamento e o painel de madeira funciona diferente de cada lado: no estar, abriga a televisão; na face da cozinha, virou um armário onde são guardados utensílios domésticos.

Com esse espaço aproveitado, foi possível usar uma parede inteira para montar a bancada revestida de porcelanato que se estende até a lavanderia – aqui toda área se aproveita da luz natural, deixando o cômodo marcado pelos móveis pretos. O piso único de madeira aumenta a sensação de aconchego.

A moradora – uma senhora de 60 anos – queria ter contato com a natureza, e por isso, a paisagista Marianne Ramos entrou em ação e concebeu todo o projeto baseado na tendência urban jungle. O verde aparece em todo o apartamento e ocupa vasos de diversos tipos e tamanhos.

Para saber mais acesse: www.flaviacamposarquitetura.com.br ou www.mramospaisagismo.com.br