19/02/2020 — Texto: Lara Savana | Fotos: Miti Sameshima

O projeto do Apartamento Carretel foi pensado para atender às necessidades de um casal que buscava ampliar e integrar os ambientes do imóvel

Quem assinou o projeto foi o escritório Eixo Z Arquitetos. As intervenções propostas pela equipe de arquitetura buscaram ser abrangentes e bem delineadas, tornando os espaços do apartamento de 110m² mais funcionais e confortáveis.

Os três dormitórios da planta original sofreram mudanças em sua configuração: dois deles foram unificados em uma suíte, com closet e escritório, e o outro cômodo foi desmontado, de maneira a ampliar a sala de estar.

Atualizar o apartamento para um modo de vida mais dinâmico e contemporâneo foi uma premissa importante do projeto. Como estratégia, toda a área social foi integrada e organizada através de uma estante de madeira, composta por nichos, ora abertos, ora fechados. Esse jogo de aberturas, além da função de suporte e abrigo para objetos, cumpre o papel de controle da entrada de luz natural, que permeia as salas de TV e jantar e, ao mesmo tempo, gradua os momentos de interação/privacidade entre os ambientes.

A cozinha, antes claramente isolada, foi aberta para a área social, passando a ganhar protagonismo na rotina do casal. Aqui, são elementos móveis, as portas de correr, que cumprem a função de flexibilizar os espaços e os encontros.

Enquanto linguagem, buscou-se reduzir a quantidade de informação visual, trabalhando os revestimentos de forma mais direcionada, e com cuidado aos detalhes que compõem cada ambiente. Sala e dormitório trazem uma atmosfera de aconchego, através da escolha de uma paleta mais neutra e do piso de madeira maciça, em contraponto, a cozinha e o banheiro apresentam predominância de branco, com o emprego pontual de cor nas marcenarias.

Para saber mais, acesse: www.eixoz.arq.br