28/11/2016 — Texto: Divulgação

Eliane Mesquita

Fotos: Evelyn Muller

Com décor impecável, o apartamento masculino assinado pela arquiteta Eliane Mesquita é simples e aconchegante. A profissional auxiliou os moradores desde a escolha à compra do imóvel. Uma casa aconchegante e moderna ao mesmo tempo, que pudesse receber os amigos para festejar e também fosse um refúgio de descanso para os proprietários. As cores predominantes são o cinza e o preto sempre acompanhados de detalhes em madeira para aquecer.

Francine Stefanelli

Fotos: Gisele Freire

O apartamento com ares vintage e linhas modernas recebe a madeira como elemento principal. Uso de muito espelho e também cores para a cozinha imprimem identidade descolada ao jovens moradores. As suítes personalizadas trazem iluminação de LED no mobiliário, valorizando o design das peças. Cor + leveza trazem um resultado muito elegante e atemporal!

Agradecimento: 2W Marcenaria

Marcelo Gori

Fotos: Acervo do Arquiteto

O sentimento que expressa pela sua profissão é raro, o que alimenta a personalidade perfeccionista do jovem arquiteto, autor deste projeto inusitado localizado em Higienópolis, São Paulo.

Em um antigo prédio residencial, esta sala de estar e jantar possui tamanho reduzido e recebe pouca luz natural. Por isso, o layout foi muito bem planejado para o melhor aproveitamento do espaço e a iluminação proposta inclui focos cênicos que valorizam as cores e texturas dos materiais escolhidos.

O orçamento e o tempo para a execução do projeto foram outros obstáculos, mas a criatividade do arquiteto possibilitou a conclusão com sucesso desse ambiente marcante de personalidade forte e jovem.

Simone Guimarães

Fotos: Elson Yabiku

A arquitetura do interior do apartamento de 130m² (Edifício Beethoven, da Construtora Planeta) foi concebida para torná-lo um charmoso refúgio. Houve a integração dos ambientes sociais, onde é possível relaxar, socializar, enfim, celebrar a vida. Nota-se a presença marcante e acolhedora da madeira natural, em contraponto à leveza do mobiliário contemporâneo, assinalado por cores que capturam o olhar. Destaque para a instigante paisagem urbana na fotografia de Sandra Guimarães e para o painel laqueado – desenhado pela arquiteta – cujos relevos se enfatizam com a iluminação, tornando a atmosfera cenográfica.