21/04/2021 — Texto: Cobogó Relações Públicas | Fotos: Israel Gollino 

A Basilicata Trattoria ocupa uma área de 250m² na Rua Joaquim Antunes, 197 - Jardins, São Paulo, e é comandada pelo chef Rafael Laurenti

Aberta desde 1914 no Bexiga, tradicional bairro italiano de São Paulo, e tendo ampliado seu espaço em 2017, no mesmo imóvel do primeiro Empório, a Basilicata abre uma nova casa, a Basilicata Trattoria, nos Jardins, com projeto arquitetônico do escritório Superlimão. Um novo restaurante com a herança do Empório Basilicata, comandado pelo chef Rafael Laurenti, mas com um traço mais contemporâneo, em um clima moderno e descontraído.




A intenção era tornar o ambiente mais aconchegante e iluminado, com tons suaves e coloridos. Foram reaproveitados e reinventados grande parte dos elementos existentes, originais do antigo restaurante ali localizado.

O piso em madeira natural foi restaurado, o forro em chapa metálica perfurada reaproveitado com nova cor e a antiga chapa metálica marrom que revestia boa parte do salão foi pintada e lixada, dando uma nova textura para o mesmo material. Os grandes caixilhos existentes receberam nova pintura e foram mantidos. O desafio foi atender o número de assentos ideal, de forma confortável, considerando o avanço da área da cozinha em um trecho do salão.

Como forma de diminuir o desperdício e entulho de obra, as antigas garrafas presentes em todo perímetro do salão como elementos decorativos foram transformadas em grandes planos de vidro reciclado na bancada central e em outros elementos significativos do projeto, como paneleiro e porta de entrada. As garrafas passaram por uma técnica de fusão, criando um vidro único e com o mesmo tom de verde das antigas garrafas.

Entre os dois pilares existentes no meio do salão foi criada uma grande bancada central de cinco metros para otimizar o espaço e conseguir um maior número de assentos. O grande diferencial desta bancada, além do tampo em vidro reciclado, está na sua estrutura em serralheria, que permitiu vencer o vão total sem nenhum apoio no piso. Como solução, além da reutilização dos materiais existentes, o mobiliário do antigo restaurante foi todo restaurado, assim como a cristaleira.

No salão foram reutilizadas as luminárias existentes e criados pontos de iluminação com luminárias pendentes em cestarias naturais, que tiveram placas de LED instaladas na parte superior, criando-se assim possibilidades de iluminação tanto direta como indireta.