03/11/2021 — Texto: Marilia Moraes | Fotos: Julia Novoa

Um salão de beleza infantil especialmente idealizado para ser atemporal e receber todos os gêneros assim como adultos, com um toque lúdico e receptivo

Os tons pastéis e detalhes marcantes do ambiente de 90m² em um espaço localizado no Morumbi, zona oeste de São Paulo, dão vida ao salão de beleza infantil Cut4yoou, projetado também para realizar festas de aniversários para meninos e meninas de forma inovadora.

Idealizado pela arquiteta Thalita Ferreira, com obra executada em parceria com a Construtora Inova, o salão nasceu de uma ideia inicial da proprietária em realizar festas infantis com um “day spa” em um espaço criado e decorado de forma atemporal, para receber meninos, meninas e adultos com um toque lúdico e receptivo para uma festa de aniversário. Nada que ficasse datado com o tempo.

O pedido da cliente foi um ambiente interativo sem pesar nas cores nem na feminilidade, voltando o espaço apenas para meninas. Queríamos abraçar todos os públicos e foi assim que projetei o espaço, gerando um local agradável independente da idade e gênero. Nosso maior receio é que o ambiente ficasse infantil e feminino demais a ponto de intimidar a frequência de outros públicos e acho que conseguimos abordar essa questão em criar um ambiente versátil”, comenta a arquiteta.

Projetado com uma árvore central, o toque em torno ficou por conta das folhagens costela-de-adão, em alta em 2021, promovendo sofisticação e leveza ao ambiente. O acabamento em laca, da Sayerlack, não foi economizado na finalização da marcenaria. O MDF foi utilizado apenas para itens madeirados (MDF Tirol, da Arauco) e nos armários da copa (Mint, da Duratex). Todas as tintas foram da Suvinil, no acabamento fosco, e pisos Portobello.

“Queríamos abraçar todos os públicos e foi assim que projetei o espaço, gerando um local agradável independente da idade e gênero”, comenta a arquiteta.

Confira alguns principais pontos dos ambientes:

Salão principal (entrada)

O objetivo era que a decoração desse espaço fosse mais clean que a dos demais ambientes do salão, sem pesar o ambiente. Todas cores escolhidas são pastéis. Flores, folhas, copa da árvore, lambri branco e o feixe de luz da porta foram finalizadas em laca.

As folhas e flores dispostas no local de atendimento e nas bancadas tiveram o intuito de criar uma ligação entre os dois ambientes.

Salão para eventos

Localizado ao fundo do espaço e utilizado esporadicamente, se trata de um ambiente que permite ser diferente e mais colorido. O verde menta também se fez presente atrás da estante de brinquedos, com TV e vídeo game. A conexão com o salão principal se dá atrás das baguetes de MDF Tirol, com folhas e flores coladas. Já a parede de tijolinhos (papel de parede da Bucalo) esconde os quadros de automação e de energia.

A parede azul em degradê com nuvens, branca com frisos, é o ponto chave desse espaço por localizar a mesa de bolo.

Lavabo

Jogo entre os revestimentos para uma paginação diferente. Utilizado MDF Tirol, da Arauco, com o tijolinho Anatolia Bruto tradicional, da Palimanan, que foi instalado na paginação escama de peixe.

Copa

Trabalhada de forma com que se conectasse com o restante do ambiente, mesmo sem circulação de convidados, até porque o espaço pode ficar aberto durante as festas. Novamente tons de verde menta e MDF Mint, da Duratex, foram utilizados para o acabamento.

A contraposição de cores ficou por conta do tom amadeirado (MDF Tirol) e um revestimento (pastilha hexagonal da Ártico) no backsplash, que imita colmeia de abelha.

Para separar a copa do depósito, foi instalada uma porta de serralheria preta com vidro canelado. Ao mesmo tempo em que esse tipo de vidro permite a passagem de luz e não pesa o ambiente, ele não permite que se veja claramente o que acontece do outro lado.

Civil e iluminação: parceria em projeto

A parte civil do projeto, assim como gesso, forro, iluminação, ficou por conta da Construtora Inova. Além de toda parceria de estruturação, a iluminação do ambiente foi projetada minuciosamente de forma com que não interferisse nas cores do local nem nas maquiagens feitas nos convidados durante a festa.

O principal receio da cliente era que a iluminação interferisse nas cores das maquiagens, colorações e que os clientes tivessem um resultado diferente ao chegarem em suas casas. Trabalhamos com um escritório especializado em iluminação técnica para que tudo saísse como imaginado. Durante a instalação, fizemos até algumas mudanças no projeto arquitetônico inicial para que o conceito de iluminação não fosse interferido. Escolhemos todas as iluminações decorativas. Dessa forma, com tudo pronto, a Inova estruturou e deu vida ao projeto”, finaliza Thalita, arquiteta.

 

Conheça outras ideias e projetos em @tressearquitetura e @construtora.inova