30/09/2019 — Texto & Fotos: AD Comunicação & Marketing

Desde 2014, artista plástico Makarra faz intervenções urbanas com murais coloridos pelo mundo

Criado em 2014 pelo artista plástico Makarra, o Projeto Cores do Mundo já passou por quatro países fazendo artes inspiradas na cultura de cada local. O intuito é transcender a arte tradicional pintada em telas para conquistar o espaço urbano, e os murais já concebidos estampam as paisagens de São Paulo, Bogotá, Montevidéu e Miami.

Makarra afirma que o intercâmbio cultural é o principal objetivo do projeto. Desta forma, em cada cidade ele leva em conta as características, histórias e inspirações dos povos para criar seus trabalhos. “Levar arte brasileira para as ruas de diversas cidades do mundo e a utilizar como ferramenta de transformação de uma sociedade cosmopolita é algo recompensador como artista e cidadão do mundo”, comenta.

Os primeiros murais foram realizados na cidade de São Paulo, na rua Oscar Freire e na Avenida Açocê, ambos com a temática “Sampa mais Verde”. Neles, Makarra colocou cor em uma cidade cinza e fez um convite aos transeuntes para repensar o uso dos recursos naturais e ter uma relação melhor com o meio ambiente. O verde foi usado como inspiração para falar de logística e de soluções ecológicas visando uma cidade mais sustentável.

“El Dorado” foi o mural seguinte do Projeto Cores do Mundo, feito no Parque El Virrey de Bogotá, na Colômbia, em homenagem à história dos povos pré-colombianos. Revivendo a lenda de El Dorado, sobre uma cidade toda feita de ouro maciço no continente sul-americano, Makarra montou uma narrativa sobre o tempo e os relógios da natureza.

A próxima parada foi Montevidéu, no Uruguai. Com inspiração nos direitos à vida, à liberdade e à propriedade vistos como engrenagens para uma sociedade mais justa e harmônica, Makarra pintou sua obra “Azul Uruguay” na Biblioteca Municipal Amado Nervo. Na capital uruguaia, a relação entre o público e o privado é representada em tons que remetem ao celeste e assim celebram um estado de bem-estar social, em uma homenagem à cor característica do país.

E nas famosas paredes do bairro Wynwood, em Miami, Makarra celebrou a diversidade étnica dos Estados Unidos. O mural “Miami Mix of Colors” contempla as formas humanas, curvas femininas e os diversos tons de pele que compõem a população da cidade.

As viagens de Makarra foram divididas em duas temporadas, sendo a primeira de 2014 a 2016 e a segunda em 2017 e 2018. “Acredito que quando compartilhamos nossa cultura, nossos costumes e comportamentos com diferentes povos, conseguimos eliminar preconceitos”, comentou Makarra sobre sua arte. O Projeto Cores do Mundo tem patrocínio da Blau Farmacêutica e fotografias de Maria Schuster.

Para saber mais, acesse:
www.instagram.com/artmakarra/ 
www.instagram.com/projetocoresdomundo/