11/07/2019 — Texto: Lara Savana | Fotos: do mal o menos

A casa fica localizada no bairro do Rastelo, em Lisboa - Portugal, e compõe uma das duas moradias, que originalmente foram construídas em 1953 de forma geminada

Durante as últimas seis décadas, as residências – que são geminadas – receberam diversas intervenções, deixando-as totalmente distintas, de modo que não era mais possível identifica-las como casas simétricas e ligadas entre si.

O projeto de renovação do lar é assinado pelo escritório Aspa, e foi feito em apenas um dos edifícios. As constantes mudanças e ampliações ao longo dos anos, proporcionaram linguagens totalmente diferentes para as duas casas, além das geometrias diferentes, que também confirmam a desvinculação do padrão de casa geminada que era mantido originalmente.

A partir da diversidade da arquitetura do bairro do Restelo e de algumas referências fundamentais da arquitetura moderna, foi criado um novo contexto para a casa, através da inscrição de um novo desenho mais formal.

Ao redesenhar a casa, foi gerado um ambiente semiologicamente bem definido e adaptado à narrativa cenográfica original do bairro, além de passar um sentido de atemporalidade, que traz a ideia de que a casa sempre foi assim.

A simetria da casa encontra-se nos alinhamentos do novo piso e na cobertura plana. A articulação dos espaços interiores é clara e segue uma geometria consistente e funcional, além da intensa presença da luz natural.

Para saber mais, acesse: www.aspa.com.pt