24/06/2019 — Texto: Lara Savana | Fotos: Jean-Guy Lambert

Localizada na cidade de Bromont, na província de Quebec no Canadá, a casa foi pensada no conforto dos esquiadores, com acesso direto à pista de esqui

O projeto é assinado pelo escritório Luc Plante + design, que idealizou a residência para dominar o entorno e misturar-se com a decoração. Essa dualidade se manifesta intermitentemente através de suas vastas janelas que nos fazem experimentar a montanha enquanto dentro, e também através de suas linhas bem definidas que rasgam o céu.

Toda a casa tem vista para o vale de Bromont. O desafio neste projeto, segundo o escritório responsável, consistiu em atender os desejos dos ocupantes, facilitando a vida dos esquiadores de uma forma confortável, moderna, criativa e prática.

Com acesso direto às pistas de esqui, a casa oferece áreas que abrigam a todos, como um mudroom para equipamentos esportivos, uma sala de família e um grande terraço flutuante empoleirado no alto de pilares, além de um posto de observação privilegiado com vista para os esquiadores.

Enquanto o piso térreo é um casulo de dormir com uma série de quartos, o primeiro andar se abre para as vistas íngremes onde o sol preenche os volumes internos de todos os lados. Com grandes janelas com vista para as pistas de esqui, a sala de estar com teto alto captura a luz do nascer ao pôr do sol.

A área da cozinha/sala de jantar estende-se para o exterior, de um lado para um jardim no terraço plantado com relva alta, ervas e especiarias, e do outro lado para um vasto terraço de madeira.

Do lado de fora, o teto plano limita a altura total da residência, destacando a paisagem e limpando a vista do topo da montanha. O acabamento exterior de telhas de cedro branco e revestimento de madeira queimada define e articula os volumes e alturas variadas, enquanto enfatiza harmoniosamente a arquitetura marcante.

Para saber mais, acesse: www.lucplante-architecte.com