26/08/2019 — Texto: Lara Savana | Fotos: do mal o menos

Com 130m², o apartamento fica localizado em Lisboa e a premissa do projeto teve como base a transformação de um imóvel que se apresentava ainda na sua forma e materiais originais

Quem assinou a reforma foi o escritório Atelier 106, que teve o desafio de transformar o lar que era escuro e com aspecto antigo, em um apartamento com espaços mais fluídos, organização mais clara e maior luminosidade.

Um dos pedidos dos moradores consistia em uma cozinha mais conectada com a sala de jantar e estar, um banheiro social próximo das áreas de convivência e um banheiro que atendesse os quartos.

Pensando nisso, o primeiro passo foi separar a zona considerada mais social e a zona mais privada. O móvel que vai até o teto e divide os espaços, prolonga-se também para os quartos, criando uma arrumação e uma comunicação entre as duas áreas.

Demoliu-se parte da parede da cozinha para ganhar amplitude e abertura para os restantes espaços, mas podendo ser fechada através de uma porta de correr existente que foi recolocada.

Após a reforma, o apartamento ganhou mais amplitude, uma organização mais clara e fluída e maior luminosidade.

Para saber mais, acesse: www.atelier106.pt