28/12/2020 — Texto: MD Assessoria | Imagens em 3D: Divulgação

Integração com a natureza, multifuncionalidade, convívio familiar e uso de materiais naturais são as principais tendências para 2021

As principais tendências estão nos ambientes da mostra Casa It Home, que reúne mais de 30 ambientes criados a partir de projetos 3D realísticos, que podem ser visitados em tour 360° por meio do site www.casaithome.com.br. Gratuita e 100% online, a mostra já teve mais de 5 mil visualizações e pode ser acessada 24 horas por dia, 7 dias por semana, até o dia 28 de fevereiro de 2021.




Na Suíte Máster Evidence assinada pela 3Cs Engenharia, tonalidades neutras e clássicas foram eleitas para a composição, como cinza, amadeirado e verde, trazendo sofisticação, conforto e ainda mais amplitude para o projeto.

Nos 30m² do Quarto de Bebê, idealizado pelo Angra Design de Interiores, o verde mint prevalece no revestimento das paredes, no tapete e em detalhes do mobiliário, a exemplo do tampo do pufe central, trazendo leveza e delicadeza.

O Café&Coworking, de Audrey Barranco, combina diferentes propostas: espaço para breve reuniões, ala para estudos e leitura e área de café, além das estações de trabalho.

Tecnologia, praticidade e otimização de tempo: Com o celular em mãos é possível acionar e manipular a iluminação, a climatização, a lareira, as cortinas e os eletrônicos no Estúdio dos Novos Tempos, de Cristiane Schiavoni.

De conceito aberto e pé direito alto, o Loft Horizontal, de Cristiane Vassoler, abusa dos tons neutros para estabelecer conexões limpas e elegantes. Sem barreiras físicas e visuais, grandes vãos envidraçados, texturas aconchegantes e equipamentos inteligentes.

Ambientes totalmente integrados fazem da Casa Trancoso de Campo, de Débora Roig, o lugar ideal para o convívio familiar, com elementos como o cimento queimado, a madeira de demolição e os objetos artesanais.

Lavabo Quantum, de Elaine Alberico, uma experiência singular, de desconexão do mundo externo. Este ambiente intimista é um convite ao relaxamento e ao equilíbrio da alma.

O espaço Time to Love, de Elaine Vilela, propõe o resgate da verdadeira interação familiar, convivência integrada através de jogos, um mergulho na piscina de almofadas ou uma conversa com risadas no sofá ou no balanço ao ar livre.




Esta proposta de conciliar todas as necessidades do morador em um espaço compacto, mas sem abrir mão do conforto e da estética, é flagrante no Studio Smart Luxe, de Felipe Luciano, que tem apenas 30m².

Na Cozinha Sensorial, da InTetto Arquitetura, enquanto prepara as obras gourmet, o Chef interage plenamente com os convidados que, com a proximidade e exploração dos sentidos, participam desta experiência e têm seus paladares aguçados.

Uma espécie de jardim de inverno na sala principal, anexo à mesa de refeições, deixa clara a prioridade de Leo Shehtman na Casa Terracota: incorporar a natureza na moradia. Centralizado no lar, ao redor dele acontecem todas as funções da casa.

Um jardim de inverno abraça o Lavabo Biofílico, de Letícia Garin, que tem o revestimento do piso imitando folhas e, o das paredes, as ondas do mar, além de claraboia para a entrada de luz natural, degradê de verdes e espelhos orgânicos.

O Loft do Executivo, de Negrelli & Teixeira, é o verdadeiro retrato de um lar que promove relaxamento, alívio de estresse e que é digno de ser desfrutado. Não à toa, conta com um convidativo spa no quarto, além de lareira e adega com mesa de jogos.

O Closet da Influencer, do Nor Arquitetura, é dotado de tecnologia e inspira requinte, ao mesmo tempo que é amparado por plantas que formam uma espécie de jardim vertical, ocupando duas paredes: cenário versátil ideal para seus vídeos e fotografias.

No Gazebo da Família, assinado por Patrícia Pasquini, a madeira reveste uma das paredes estendendo-se até o teto. As demais paredes foram revestidas por pedras naturais e o piso por concreto aparente.

Nada preso a modismos e épocas, porém inspirado pelos rooms britânicos, Lisandro Piloni em seu Safe Harbour Lounge tomou partido da mescla de cores e texturas para criar um ambiente atemporal, personalizado e que funciona como porto seguro para toda a família.

Os tons terrosos ditam a atmosfera natural e acolhedora do Great Family Room, de Shenia Nogueira. Aliados a eles, a madeira e tonalidades intensas, como o azul e o verde, no mobiliário ajudam a aquecer o ambiente, que tem concreto no piso e no forro.

Considerando o princípio da neuroarquitetura, de que o ambiente físico impacta em nosso cérebro, no Organic Concept, do Spaço Interior, a natureza foi inserida em todos os espaços: pedras revestem a parede, uma árvore próxima à ilha da cozinha e a obra de arte sinuosa e iluminada serve como pano de fundo para o balanço.

Os panos de vidro são excelentes integradores e, no Espaço da Família, do Studio Triarq, unem a exuberante vegetação ao ambiente dedicado à convivência familiar, trazendo acolhimento e vigor. Em desnível, o sofá em L é envolvido por uma jardineira que enriquece a composição e preserva a linguagem bucólica.

Cada vez mais frequente, o trabalho a partir de casa tematiza o Home Office Decor Concept, do Vilaville Arquitetura, que preparou um espaço convidativo e multifacetado com ripas de madeira no forro rebaixado e no mobiliário, fitas de led e texturas aconchegantes.

As principais tendências para decoração apresentadas na Mostra Casa It Home também aparecem na matéria de 18/11/2020:

Casa ITHOME propõe olhares múltiplos para o novo morar