09/12/2019 — Texto: Lara Savana | Fotos: Alex Filz

Com uma nova visão sobre o conceito de spa, surgiu o Mohr Life, uma área de bem-estar concebida como um teatro, com inúmeras interpretações diferentes do espaço disponível

O projeto é assinado pelo escritório noa * Arquitetura, que aproveitou a natureza presente no coração de Tirol, na Áustria, para criar um edifício contemporâneo e agitado. O vidro e o cimento estão em constante diálogo com a cultura e história do ambiente.

Em outubro de 2018, a nova área de bem-estar do Mohr Life Resort foi inaugurada em Lermoos, uma das áreas de esqui mais antigas de Tirol, a apenas 80 km de Innsbruck.

A nova estrutura de vidro e cimento foi construída organicamente em uma inclinação suave. Possui uma vista única sobre o espaçoso vale Ehrwalder Becken, com fazendas antigas e celeiros, além dos 3 mil metros imponentes da montanha Zugspitze – que representa uma fronteira geográfica entre a Áustria e a Alemanha – com vista para o vale inteiro.

O arquiteto Christian Rottensteiner, sócio da noa *, explica como a presença da própria montanha foi o grande destaque do projeto. “Os Zugspitze em geral – e sua beleza, força e complexidade – foi a nossa inspiração e a protagonista do projeto. A nova área de bem-estar é concebida como as barracas de um teatro, um local ideal para admirar essa obra-prima extraordinária. Os hóspedes são acolhidos em uma relaxante ambiente que se harmoniza com o meio ambiente. Nosso desafio foi criar estruturas que ampliassem e intensificassem a percepção dos espaços, criando áreas restaurativas que despertam novas emoções nos visitantes”, conta.

A nova área de bem-estar do Spa se estende por 600 m² e possui uma infraestrutura coberta construída do zero e uma área externa com piscina, que conecta os dois edifícios através de uma extensão central no spa.

A construção sóbria e leve na paisagem é obtida pela agregação de formas simples: cubos de vidro colocados nos dois níveis, que criam a grade estrutural para o edifício esqueleto. Além disso, o uso de uma superfície refletora de vidro proporciona um efeito cênico inesperado: as formas diferentes desbotam virtualmente no fundo e se fundem em uma ‘tela’ espelhando a gigantesca silhueta do Zugspitze.

A piscina corre nivelada ao longo do comprimento da frente de vidro do Spa, dobrando assim a imagem da montanha graças aos efeitos dos espelhos cromáticos impactantes.

Para saber mais, acesse: www.noa.network