12/12/2018 — Texto: dc33 Comunicação | Fotos: Luís Gomes

Entregue pela construtora com acabamentos básicos e sem nenhum charme, o apartamento de 85 m² passou por uma reforma comandada pelo arquiteto Bruno Moraes, do escritório Bruno Moraes Arquitetura, que derrubou paredes para adaptar a planta às atividades do casal, como cozinhar, assistir séries e receber os amigos.

Para atender à primeira demanda, a ideia foi demolir a parede entre a cozinha e a sala. “Mas como não conseguimos abrir a cozinha totalmente por causa de um pilar, resolvemos revesti-lo com espelho”, diz Bruno.

Mesmo com o imprevisto, o espaço ganhou ilha gourmet, torre de cocção e lava-louças. Presente de casamento, a geladeira branca foi adesivada para combinar com o cinza da marcenaria.

A mesa de jantar, iluminada por três pendentes de concreto, fica junto à ilha. Na parede do bar, o ladrilho hexagonal combina com as luminárias e também com o piso de porcelanato, que reproduz o visual do cimento queimado. A prateleira decorativa, sustentada por um tirante de aço, completa o conjunto com charme.

Em alguns dias da semana, os moradores costumam trabalhar em casa, por isso incluir um escritório no projeto foi providencial. O home office ocupa o espaço de um dos três dormitórios e, para ganhar espaço, o painel de madeira com elementos vazados substituiu a antiga parede de alvenaria.

Na sala de TV, a parede e a porta da varanda saíram de cena para unir os dois ambientes. Os tijolinhos de barro e o móvel que se estende até a sacada dão unidade visual aos espaços. Enquanto isso, o sofá confortável recheado de almofadas está sempre pronto para as maratonas de séries. O décor mescla referências do minimalismo oriental e do estilo industrial.

Com clima de lounge, a varanda traz uma solução esperta para esconder a condensadora de ar-condicionado: ela fica dentro do banco de madeira, que funciona ainda como baú para guardar utensílios de limpeza.

Sinônimo de aconchego, o quarto do casal coleciona soluções para espaços pequenos: portas espelhadas nos armários, prateleira fazendo a vez de mesa de cabeceira e gavetões sob a cama.

“O casal é oriental, por isso criamos a cama como um tablado de madeira, que ultrapassa a medida do colchão”, explica o arquiteto. “Esse móvel, que funciona muito bem para os moradores se sentarem e calçarem os sapatos, fica na altura perfeita para cumprir essa função”, complementa.

O banheiro recebeu revestimentos novos no piso e dentro do boxe, seguindo uma paleta com nuances de cinza. Exemplo de um projeto focado em cada detalhe, o ralo linear e o nicho de quartzo arremataram o espaço do banho.

www.brunomoraesarquitetura.com.br