27/11/2017 — Texto: Dezoito | Fotos: Xico Diniz

“Cada cliente é único em personalidade, gostos, desejos e sonhos, portanto cada projeto precisa ser exclusivo”.

É assim que pensa e trabalha a arquiteta Fernanda Gramacho, parceira da Simonetto em Santo Antônio de Jesus (BA). E foi assim que ela desenvolveu, recentemente, um novo projeto, sofisticado, moderno e de muito bom gosto na cidade.

A casa de 580 m² é rica em elementos geométricos e volumetria. Nos cômodos, Fernanda propôs uma brincadeira com as cores. Na fachada, a iluminação é diferenciada como em todo o conjunto arquitetônico, pensado e executado para atender às expectativas de uma família formada por quatro pessoas.

“Os clientes tiveram participação efetiva no processo. Eles desejavam uma casa aconchegante, confortável e, principalmente, que fosse do jeito deles. Então, a gente pensou em cada detalhe, desde a concepção da parte arquitetônica, produção dos ambientes e escolha de cada objeto, sempre procurando atender às expectativas de toda a família”, afirma Fernanda.

Para a brinquedoteca, tons mais quentes como o rosa e o laranja, criaram um espaço leve e divertido, no clima e na energia das crianças. Para os quartos, Fernanda escolheu tonalidades mais pastéis. As cores lacca, azul tiffany e branca, criaram um ambiente delicado de quartinho de princesa para a filha de 5 anos do casal. Já no quarto da caçula de 2 anos, o rosa seco combinado com o tom amadeirado deixam o espaço leve e aconchegante.

No quarto do casal, Fernanda criou um ambiente mais clássico, utilizando a linha Simonetto Spezialle, com acabamento Metalic Sued e Lacca Perfar Branca. A lacca branca utilizada no banheiro segue uma linha mais clean e os espelhos criam uma sensação de amplitude ao espaço.

A área gourmet ficou uma delícia, interagindo com a piscina e se tornando um espaço ideal para receber amigos. O home tem módulos, acabamento de cobre e prateleiras de vidro na parede de fundo, que fica atrás do telão de projeção. Resultado: um ambiente de convivência moderno, arrojado e versátil.

Para o espaço sagrado da casa, onde a família se reúne diariamente para fazer as refeições, o desafio era desenvolver uma versão diferente e inovadora em relação aos cômodos tradicionais. Por isso, a arquiteta trouxe para o ambiente peças com detalhes em tom púrpura, além de nichos e cristaleira. A cozinha da casa ficou um espaço agradável e único.

A fachada também tinha que ser exclusiva, por dois motivos principais: por ser o primeiro impacto visual da casa e pelo seu posicionamento em relação ao sol. Como a casa é poente, Fernanda acrescentou o muro ao projeto, quebrando a intensidade do sol no ambiente e amenizando o calor.

E para agregar valor ao impacto da fachada, ela aliou iluminação e volumetria no revestimento de parede da entrada, dialogando com a porta de madeira e a janela ampla. O paisagismo com plantas colocadas estrategicamente em frente à parede principal completa o conjunto moderno e arrojado da obra.