07/09/2021 — Texto: Julia Lis | Fotos: Matheus Kaplun

Os clientes queriam ambientes claros, que mesclasse o contemporâneo com alguns elementos clássicos e algumas pontuações do estilo industrial

A casa tem 3 andares, fica em Curitiba, e é a primeira moradia própria de um jovem casal. Na nossa primeira conversa de briefing, me sinalizaram que gostariam de ambientes claros, e que mesclasse o contemporâneo com alguns elementos clássicos e algumas pontuações do estilo industrial, sem que ficasse com cara de neoclássico ou que passasse a impressão de um projeto já antigo. Para isso utilizei madeira com bastante preto e branco e elementos específicos com cores, trouxe algumas referências dos anos 60 (principalmente nos móveis soltos), referências industriais nos revestimentos em estilo de metro e metais dos banheiros e até, em alguns momentos, é possível notar alguma referência shabby chic.

Cozinha: utilizei na cozinha o estilo mais clássico e a cor verde celadón deu o charme a mais. Combinei com puxadores em dourado escovado e mármore paraná. A ilha foi um pedido especial dos clientes, que faziam questão de tê-la, para trazer mais aconchego utilizei um tampo de madeira natural envernizada; a praticidade fica por conta da torre de tomada instalada discretamente. O revestimento utilizado foi o metro da decortiles no branco.

Jantar e TV: a palhinha das cadeiras e rack de TV, conversa com a palhinha das banquetas da cozinha. Utilizei o mesmo piso em todo o pavimento para deixa-lo ainda mais unificado (revestimento que imita madeira da Ceusa). Na sala de Tv criei em marcenaria 2 vigas falsas de madeira, que dão a impressão de um ambiente um pouco mais rústico. O corrimão da escada foi feito sob medida em serralheria preta.

Lavanderia: as bancadas em granito dallas complementam a marcenaria sob medida em branco e madeira, mas o charme fica por conta do piso de mosaico da Mosarte, que é o foco de atenção desse ambiente.

Quarto Casal: Os móveis (cama e mesas de cabeceira) têm uma pegada retrô, com referências dos anos 50 e 60 atualizadas. A pintura até metade da parede trouxe o ar de contemporaneidade perfeitamente equilibrado com o restante da proposta. O closet é todo em MDF de madeira clara e iluminação com perfis de led.

Nicho Janela do Escritório: um desejo da cliente era ter um nicho acoplado a uma das janelas do ambiente de escritório, que tem vista para um lindo bosque. Para tornar o sonho possível foi aumentado o tamanho da janela, e criado um nicho todo em marcenaria onde a caixa central foi feita em MDF madeirado e o restante em MDF branco, onde os espaços entre nicho e parede foram aproveitados para criar gavetões.

Banheiro Casal: a influência industrial nesse banheiro é muito forte. Utilizei 2 tipos de revestimento: o metro mais largo nas paredes do box, o ladrilho de mosaico no piso do box e no restante do piso um revestimento hexagonal de proporções médias. Os metais são todos pretos, foi colocada uma torneira de parede e todos eles conversam com a estrutura do box que também foi feita no preto. A marcenaria foi executada em um tom de MDF intermediário entre um escuro e um mel, que se repete nas prateleiras de apoio com estrutura oculta e colocadas em frente ao espelho, para criar uma sensação de serem maiores. A bancada é toda em mármore paraná.

Lavabo: O piso em pastilhas foi montado manualmente por mim e pelo pedreiro da obra, compramos a tela de pastilhas hexagonais brancas e pretas e recortamos uma a uma para criar a padronagem de flores. Um piso clássico de New York.

 

Projeto: Arquiteta Julia Lis – www.julialis.com.br@julialisarquitetura