10/07/2018 — Texto: Cobogó Relações Públicas | Fotos: Igor Ribeiro

Soluções construtivas como estrutura de madeira, telhas em taubilha e forro de palha remetem ao repertório local.

Localizado no município de Eusébio, região metropolitana de Fortaleza, o projeto do pavilhão para o Alphaville Ceará, assinado pelo escritório DMDV Arquitetos, compreende as áreas comuns do empreendimento residencial como portaria, bloco edifício de apoio e clube.

A proposta adota como premissa as condicionantes climáticas e, como referência, a arquitetura vernacular do litoral nordestino, com o uso de estrutura de madeira, telhas em taubilha e forro de palha.

Implantada em um terreno completamente plano, a edificação projetada para a sede do clube concentra todo o programa em um único pavilhão linear com 60 metros de comprimento. Este é composto por módulos de 5 x 7,5 metros e eleva-se 50 centímetros em relação à cota original do solo.

O eixo de acesso é implantado de maneira transversal ao edifício, definido por um grande pergolado de madeira que cruza o pavilhão. Em uma das extremidades do pergolado encontra-se o controle de acesso dos usuários, do lado oposto às piscinas. Todo o projeto de paisagismo é assinado pelo escritório EKF Arquitetura de Exteriores.

Essa circulação principal divide o pavilhão em duas alas: a primeira concentra a academia, vestiários, brinquedoteca, salão de jogos; a segunda, o salão de festas com as demais áreas de apoio e serviços do programa.

Uma circulação avarandada contorna todo o edifício e garante o acesso aos programas coletivos que possuem fechamento em vidro de ambos os lados, garantindo a integração visual com a paisagem.

Nos programas mais fechados, como sanitários e áreas técnicas, adota-se o uso de uma massa pigmentada vermelha que reforça a identidade da edificação e se apresenta como mais uma referência às construções tradicionais do Nordeste.

www.dmdv.com.br