06/07/2021 — Texto: dc33 Comunicação | Fotos: Evelyn Müller

Projeto com soluções inteligentes e criativas para dar uma atmosfera acolhedora ao imóvel, com escolhas sofisticadas e o bom uso da madeira

A reforma da cobertura de 600m², com vista para o Parque do Ibirapuera, em São Paulo, foi inteiramente planejada para expressar a identidade de cada um dos integrantes da família – um casal e seus dois filhos adolescentes –, que entre outros sonhos, compartilharam o desejo de terem um grande closet e espaço para deleitar-se ao sol. À frente do escritório Corradi Mello Arquitetura, a arquiteta Camilla Corradi e a designer de interiores Thatiana Mello, encabeçaram a missão de desenvolver soluções práticas e inteligentes que pudessem satisfazer os anseios de todos.

“Entender o perfil dos nossos clientes é primordial. De nacionalidade inglesa, o morador é apaixonado pelo sol tropical do nosso país. Por isso, a decisão pela cobertura aconteceu justamente pela possiblidade de desfrutar da área externa e o clima de São Paulo. Ao mesmo tempo, o closet foi a forma de agradar a esposa, que ao contrário do marido, não compartilha do mesmo estilo”, revela Camila.

Entre as escolhas que pautaram a reforma, a madeira aparece como ponto focal com a lâmina natural de freijó, que reveste paredes e parte do mobiliário do apartamento. Na proposta do décor, tons sóbrios e contemporâneos, evidenciando um contraste com as tonalidades de madeira.

No hall de entrada, por exemplo, o freijó nas paredes promove um aconchegante boas-vindas e as portas mimetizadas no painel colaboram para o visual ‘clean’ adotado pelas profissionais. Discretas, a porta de entrada foi produzida em modelo pivotante e fica logo ao lado da outra que, de modo imperceptível, conduz à suíte máster.

No primeiro piso do imóvel, a suíte máster foi projetada, atendendo aos pedidos da moradora. Para planejar este cômodo, a dupla da Corradi Mello realizou alterações significativas na planta baixa do apto por meio da demolição de algumas paredes e construção de outras, uma vez que esse espaço era, originalmente, a sala de estar, jantar e cozinha da cobertura. Por ser um local aberto, fez-se necessário conceber um novo layout para que ocorresse a divisão do dormitório, banheiro e closet – que ocupou toda a sala de jantar.

Como um dos destaques principais, a lareira, que já pertencia ao apartamento, passou por reformulações e compõe a decoração do dormitório. “Nesse contexto, conseguimos atender ao primeiro pedido, que era uma área generosa do closet para armazenar roupas e itens de uso pessoal. Nesse interim, todo o primeiro andar ficou destinado para a ala íntima da família”, explica designer Thatiana Mello.

Na sequência do andar estão situadas as suítes dos dois adolescentes. O freijó forma a marcenaria do painel da televisão, a escrivaninha para as atividades escolares e a continuidade que formam os dois nichos para expor a coleção de brinquedos e a cabeceira. Os dois cômodos seguem o mesmo layout, diferenciando-se por detalhes como o tom da laca aplicado nas prateleiras e gaveteiros, o enxoval e os objetos eleitos para o décor.

Avançando para o segundo andar da cobertura, através de uma escada envelopada com mármore travertino e com um guarda corpo todo de vidro, Camila e Thatiana desenharam a área social constituída por um living, home theater, sala de jantar, cozinha e um terraço aberto que leva à piscina. “Para o living, investimos em tons mais neutros que contrastam com pontos de madeira presente nas poltronas e no painel da televisão”, conta a arquiteta Camila.

Seguindo em direção à sala de jantar, as profissionais promoveram a mescla de alguns materiais. A estante, que serve como apoio ao espaço, foi planejada em lâmina natural de freijó e, ao fundo, uma passa-pratos realiza sua separação com a cozinha. Tanto a mesa, quanto as dez cadeiras, evocam uma tonalidade mais escura, em um contraste elegante e primoroso. “Como já tínhamos aplicado abundamente a madeira nos demais ambientes, elegemos o jantar para introduzir esse painel de vidro cinza claro”, complementa Thatiana.

A cozinha, em tons de cinza, conta com uma bancada central em quartzo, que foi selecionada também por seu visual, como também pela resistência para as altas temperaturas tão frequentes na rotina de preparação dos pratos. A área de cocção foi criada na bancada em “L”, que acopla também uma coifa e um espaço para o manuseio de ingredientes. Em um projeto muito bem elaborado, destaca-se o monta-carga, um elevador utilizado para o transporte das refeições, que já integrava a planta original, mas que passou por reformulações em função da reforma.

Seguindo para o home theater, onde anteriormente era uma academia, um amplo sofá com chaise configura-se como um convite para um agradável programa familiar. A inspiração natural e orgânica é realçada pela pedra que reveste a parede e que foi emoldurada sem rejuntes. A TV foi pendurada diretamente no material e os equipamentos introduzidos nos nichos abertos pelas profissionais. “Fizemos o que é conhecido como junta seca, que agregou mais homogeneidade e refinamento ao espaço. O revestimento se estende por toda a parede, onde ainda consideramos um lavabo”, descreve Camila.

É justamente através desta área que os moradores acessam o pátio que faz ligação com o terraço e a piscina. Os degraus da escada também foram revestidos em mármore travertino romano bruto, que ainda ganhou a idealização de uma namoradeira, muito utilizada na hora de receber amigos e familiares. Para os momentos gastronômicos, as profissionais do escritório Corradi e Mello incluíram uma churrasqueira, que não havia sido contemplada no projeto original.

Corradi Mello Arquitetura – www.corradimello.com.br @corradimello