29/08/2019 — Texto: Gabriela Fachin | Fotos: Rômulo Fialdini

Bastante versátil, a madeira pode compor um décor luxuoso e não se limita a casas de campo ou ao estilo industrial

A madeira rústica é muitas vezes associada ao décor de campo ou industrial. Mas esse material natural é bastante versátil e pode compor vários estilos de projetos. “Em um estilo completamente clássico, talvez a madeira rústica destoe do conjunto. Mas em outros tipos de composição, tudo depende da lustração, ou seja, o quanto ela é lixada e tratada de forma a tornar sua beleza natural mais delicada”, explica a arquiteta Denise Barretto.

Quando a textura da madeira é extremamente rústica, ela remete a casas de campo ou de praia. Mas se houver uma lustração mais delicada, ela traz um caráter natural e artesanal. Até espaços mais sofisticados podem receber a madeira em sua versão mais ‘crua’ ou mesmo de demolição. “A madeira maciça é um objeto de luxo hoje em dia. A madeira certificada, que dá a certeza da origem correta do material, custa caro e, em função disso, ela ganha esse novo caráter”, acrescenta Denise.

Para um décor sofisticado, a madeira rústica pode protagonizar uma paleta de cores mais monocromática ou ser usada em contraponto com o veludo. No projeto desta área social, Denise usou o assoalho de canela de demolição em contraste com as paredes revestidas em mármore Nero e latão acetinado. O mobiliário pontuado de azul, terracota e acqua traz o veludo para a composição.

Outro modo de trazer a madeira para uma decoração contemporânea e elegante é fazer dela um elemento artístico. No living integrado, a divisória em aço corten e madeira maciça é o elemento ícone do projeto. Criada por Denise, ela funciona como uma estante lúdica com blocos deslizantes de madeira, que podem ser deslocados conforme o desenho que se queira obter. Ela foi implantada no centro do espaço a fim de proporcionar um pouco de privacidade para o home theater.

Apesar de oferecer inúmeras possibilidades de decoração, a madeira rústica exige manutenção. “Mesmo dentro de casa, se a superfície receber muito sol, por exemplo, ela precisa receber uma lixa bem fina e ser encerada novamente com frequência”, aconselha Denise.

Para saber mais, acesse: www.denisebarretto.com.br