19/04/2019 — Texto: Débora Fernandes | Fotos: Eduardo Pozella

Os revestimentos roubam a cena e decoram trazendo a sensação de conforto, a começar pelos tijolinhos que cobrem todo o pé-direito

Um lar perfeito é aquele onde todos os familiares se sentem confortáveis e abraçados pela arquitetura de interiores. Foi pensando nisso que a arquiteta Karina Korn, projetou esse apartamento duplex para mãe, pai e dois filhos pequenos.

O primeiro passo foi criar um living integrado que representasse bem a família, com os elementos certos para receber os amigos do casal e das crianças. Como os pais adoram cozinhar, uma área gourmet se tornou prioridade no projeto.

A arquiteta aproveitou o pé-direito alto para criar o espaço gourmet, com direito à churrasqueira, ilha e até uma torneira de chope com um desenho especial para o morador: “O décor tem alma e diz muito sobre os donos da casa. Na diversão da residêmncia, que é o espaço gourmet, buscamos inserir o símbolo do time do coração de um deles!”, conta Karina.

Nesse mesmo espaço, começa o show de revestimentos que é esse apartamento. Bricks rústicos sobem pela parede, cobrindo a extensa altura do pé-direito. Os móveis ali são contemporâneos, acabados em laca cinza. Prateleiras de madeira enriquecem o décor, passando pela parte de cima dos armários e portas abrigando plantas e quadros.

Na sala de jantar subsequente, o pé-direito alto foi preenchido com nichos e um pendente impactante. A mesa de madeira grande é o lugar perfeito para reunir quem se gosta em almoços e jantares animados, de frente às janelas extensas. O papel de parede completa esse décor com seu desenho discreto, mas que faz toda a diferença.

Ao lado, uma escada de madeira com degraus suspensos ocupa um cantinho com aparência zen e revestimento 3D. Com muito estilo, abre caminho para o home theater, um refúgio principalmente para as crianças assistirem aos seus desenhos favoritos. Ele conta com um agradável sofá modular e um tapete de fios grossos, longos e aconchegante. A estética espelha a dos móveis da sala de jantar, com nichos em tons de cinza e o mesmo papel de parede.

Voltando para o andar inferior, encontramos a sala de estar com um longo sofá branco e poltronas auxiliares. Ali, um nicho da parede ganhou uma estrutura sob medida que se tornou bar, com direito à adega climatizada para vinhos.

O hall também é especial. Nesse espaço, habita um móvel de apoio vermelho criado pela arquiteta. Bolsas, lenços, chaves e mochilas podem ser colocados ali, facilitando a rotina dos moradores.

A entrada do elevador e o lavabo mantém a mesma unidade visual, com papel de parede floral – e esse último ambiente tem a porta disfarçada por um painel de madeira ripado, funcional e com sensação visual quente e confortante em meio à paleta de cinzas.

Na cozinha, ladrilhos hidráulicos em tons neutros conquistam por seus desenhos.

Os quartos são beleza à parte: os dois meninos possuem ambientes similares, com móveis planejados que comportam muitas gavetas para armazenamento, nichos, prateleiras e uma mesa de estudos. É no papel de parede que se diferenciam: a parede da cama contém um revestimento com um desenho preferido, que para um são piratas; para o outro, robôs. As demais paredes são enfeitadas por um revestimento listrado na mesma paleta de cores.

Reina o aconchego no quarto do casal, com cabeceira de madeira de ponta a ponta. O banheiro combina a modernidade das pastilhas hexagonais com a pia e bancada de madeira suspensas.

Para saber mais, acesse: www.karinakorn.com.br