28/04/2021 — Texto: Cobogó Relações Públicas | Fotos: Leonardo Giantomasi   

Uma casa de praia com planta em “L” pensada para proporcionar lazer, descanso, contato com a natureza e a vista para a Mata Atlântica

A casa de praia D21, localizada na Riviera de São Lourenço, no litoral paulista, teve como partido arquitetônico uma planta em “L”, em um terreno de 525,00m². O projeto é assinado pelo Raiz Arquitetura, dos arquitetos e sócios Alexandre Ferraz e Elias Souza, que têm em seu portfólio diversas casas de alto padrão no litoral e interior paulista.




Pensada para receber um casal jovem de médicos com dois filhos, o propósito foi levar o lazer, descanso e contato com a natureza para a família. O programa priorizou a integração e a vista da Mata Atlântica presente. Dessa forma, o pavimento térreo possibilita a integração com a vegetação, junto à lateral e fundo do lote, enquanto a face frontal abriga as áreas de uso social.

O pavimento superior, destinado às áreas privativas, conta com cinco suítes. Na parte mais profunda do bloco foram inseridas as suítes da família, deixando os quartos dos hóspedes para a frente e lateral da casa. A suíte frontal contou com um painel ripado como diferencial, ao englobar o caixilho desse ambiente e “camuflá-lo” na fachada quando fechado.

Contendo uma abertura proporcionando integração com o jardim, empena na lateral direita servindo de anteparo para proteção do poente, que vai da frente aos fundos na parte social da residência. Assim, estabeleceram-se todos os caixilhos de vidro da área social do chão ao teto com a finalidade de trazer bastante iluminação e comunicação visual para os ambientes, tanto externos como internos da casa.

No intuito de trazer mais vegetação para a residência, foi criado um grande jardim vertical na lateral esquerda voltado para as aberturas da cozinha e home theater, e também painéis deslizantes que possibilitam a integração e isolamento desse ambiente, proporcionando uma bela vista do paisagismo, que destacado pela iluminação externa, principalmente no primeiro plano nas plantas de grande porte e fachada, enquanto os arbustos e plantas de pequeno porte ganharam uma intensidade menor no projeto luminotécnico.

Veja mais projetos do escritório Raiz Arquitetura visitando o site www.raizarquitetura.com.br ou o Instagram @raiz_arquitetura