16/09/2020 — Texto: Cobogó Relações Públicas | Fotos: Salvador Cordaro

Valorizando as duas  vistas do terreno, uma delas voltada para a mata, a casa reúne a família para muitos momentos de lazer.

Localizada no interior de São Paulo, em um terreno de 9 mil m² e com uma vista longa do entorno, a Residência JG tem projeto assinado pelo escritório Gilda Meirelles Arquitetura. Feita para um casal com muitos filhos e netos, o propósito da nova casa é reunir a família para momentos de lazer.

A partir de uma implantação que visava valorizar as duas vistas do terreno – sendo uma voltada a uma reserva de mata – o programa da casa compreende salas amplas e integradas, terraço e área de churrasqueira para a família passar a maior parte do tempo, sala de tv, uma suíte com escritório, dois banheiros para o casal, quatro suítes para os filhos e/ou hóspedes e outros dois quartos grandes para acomodar as crianças.

O partido adotado foi então criar ambientes aconchegantes e agradáveis, criando uma circulação funcional mesmo com uma área construída tão grande. Isso foi solucionado ao se criar vários blocos interligados por uma galeria envidraçada que dá vista para o verde em todo o percurso.

Predomina o uso de materiais que se integram com a natureza e com o clima de casa de campo, como a madeira nos caixilhos e revestimentos, a pedra natural na fachada, a telha de barro e muito vidro para dar transparência e conectar a casa com a área externa.

Saiba mais sobre o escritório de arquitetura em

www.gildameirelles.com.br