Adega climatizada e a churrasqueira camuflada na marcenaria são alguns dos destaques do apartamento da Lagoa

A família composta por um casal jovem, com um filho de 8 anos e uma filha de 6 anos, morava em uma cobertura, em Botafogo, onde costumava reunir os amigos no fim de semana em torno da churrasqueira, que ficava em um terraço aberto. Ao se mudar para este apartamento linear de 300m², na Lagoa, os novos proprietários convocaram a arquiteta Ana Lúcia Jucá, que também assinou o projeto do imóvel anterior, para comandar a reforma do novo lar.

O cliente disse à arquiteta que gostaria de manter os hábitos do antigo endereço e pediu ela uma churrasqueira na sala de jantar, ao lado da varanda. “No início, resisti bastante em realizar esse desejo porque havia uma série de dificuldades, como a viga no caminho do duto da coifa, a cortina de tecido da sala, o ar-condicionado e a própria decoração da sala, que não poderia ficar com cara de varanda. Ao final, conseguimos vencer todos os obstáculos com ajuda técnica da Stewart Engenharia. Além disso, desenhamos uma marcenaria para camuflar a churrasqueira ou integra-la à sala de jantar, quando estivesse em uso”, conta Jucá. Outro pedido dos clientes foi incluir no projeto uma grande adega climatizada, com capacidade para armazenar até 700 garrafas de vinho.

Na área social, além da adega de grandes dimensões da Art des Caves, também foi criado um cantinho do charuto na varanda, com direito a cervejeira. Toda a marcenaria do apartamento foi executada pela Catrinque Marcenaria, sob a supervisão da SAMICO – Gestão em Marcenaria.

Ana Lúcia Jucá conta ainda que a planta original do apartamento estava intacta e precisava ser atualizada para se adaptar às necessidades dos novos proprietários. Para aumentar a cozinha, por exemplo, ela anexou a antiga despensa, um dos quartos de serviço e a circulação íntima, que agora acontece pela sala de almoço através de uma grande esquadria de madeira e vidro. A arquiteta também integrou as varandas aos quartos para criar nelas áreas de estudos para os filhos e de trabalho para o casal, e realocou o banheiro na suíte da filha para construir um closet que não existia. Na área social, além da adega de grandes dimensões da Art des Caves, executada em marcenaria, foi criado um cantinho do charuto na varanda, com direito a cervejeira.

No décor, a arquiteta apostou em cores claras não só criar uma atmosfera mais leve, elegante e relaxante como também para não tirar o protagonismo da linda vista da Lagoa Rodrigo de Freitas. O piso em mármore travertino, a marcenaria em freijó lavado, executada pela Catrinque Marcenaria, e a cor azul (predileta da cliente) presente em alguns detalhes reforçaram o objetivo do escritório de conjugar, no mesmo projeto, suavidade, aconchego e sofisticação. Alguns móveis foram aproveitados da residência anterior, como os dois sofás e o conjunto de mesas de centro em tom de azul escuro na sala próxima à varanda e a mesa de centro do ambiente de estar mais ao fundo. “No geral, a decoração segue o estilo contemporâneo, com destaque para os móveis assinados por designers brasileiros consagrados, como Sergio Rodrigues, Jader Almeida e Aristeu Pires”, finaliza Jucá.

Projeto: Arquiteta Ana Lúcia Jucá – escritório ALJ Arquitetura – @analuciajucaarquitetura

Produção visual: Andréa Falchi – @falchiandrea

Fornecedores