Texto: Sandro Prezotto | Fotos: Elson Yabiku

Todo projeto de arquitetura inclui geralmente um espaço da residência orientado aos momentos de descanso e lazer da família. No entanto, este trabalho desenvolvido pela arquiteta Maria Luiza Aceituno (CAU: 29627-9) foi além…

“Quando me procuraram, os meus clientes estavam adquirindo um terreno posicionado em um terreno contíguo à residência em que já moravam e resolveram transformar essa nova casa, tornando-a dedicada exclusivamente ao lazer”, contou Maria Luiza.

O sonho deles era receber os amigos queridos e familiares com mais conforto em ambientes equipados para diversas atividades, como festas, fitness ou a simples brincadeira das crianças.

“A proprietária salientou inclusive que os filhos adoram convidar os amiguinhos para noitadas de diversões e pipoca”.

Ligada ao terreno principal pelos fundos, a casa anterior tinha traços simples, mas a arquiteta detectou que ela era facilmente adaptável para as necessidades da família.

“Com a ampliação, a casa dobrou de tamanho”.

No resultado final, predomina o estilo mais clássico, porém com toques de modernidade. No térreo, cozinha, living e sala de jantar são ambientes muito bem integrados.

“A proposta era garantir esta integração, pois a casa deveria receber com conforto, então os ambientes se comunicam entre si, mas os espaços são bem definidos para atender todas as tribos. Na cozinha gourmet, o proprietário pode testar suas deliciosas criações culinárias”.

No andar superior, ambientes e atividades para todos os gostos.

“Além de duas suítes, o projeto conta com uma ampla brinquedoteca, para receber as crianças, equipada com copa, bancada para computador, área para games com uma grande TV e banheiro para a higiene dos pequenos. O espaço é monitorado com câmeras, para mais tranquilidade dos pais”.

Uma academia completa foi planejada para quem é fã de atividades físicas. Na área externa, piscina, varanda, área para churrascos e uma sauna refrescante completam o cenário perfeito para os momentos de descanso e confraternização.

“A varanda surge como uma extensão das áreas de estar. O gourmet foi instalado numa área mais alta do terreno, aproveitando a topografia existente. Estes dois espaços, envolvem e se integram com a piscina”.

O projeto de iluminação foi elaborado visando valorizar os pilares de madeira na sala, assim como a própria arquitetura. A luminosidade natural foi muito bem explorada para trazer o visual ideal a cada ambiente.

“Para os acabamentos, escolhemos porcelanatos no pavimento térreo, mármore travertino romano bruto na fachada, piso castelatto na área de lazer e pastilhas de porcelana na piscina”.

No projeto paisagístico, também elaborado pela arquiteta, destacam-se pequenas floreiras e jardineiras.

“Uma delas, inclusive, transformou-se em uma horta de temperos. Para os demais espaços, escolhemos uma vegetação mais tropical e de baixa manutenção”.